O Autor

Hamilton Bonat nasceu em Curitiba, de onde saiu, aos quatorze anos de idade, para seguir a carreira militar. De 1965 a 1971, estudou em regime de internato, inicialmente em Campinas (SP) e, posteriormente, em Resende (RJ). Em 2001 foi promovido a General-de-Brigada, posto no qual passou para a reserva.

Serviu em Curitiba/PR, Praia Grande/SP, Rio de Janeiro/RJ, Caxias do Sul/RS, Lapa/PR, Brasília/DF, Guarujá/SP, Nîmes/França e Washington-DC/USA.

Foi assistente do Chefe do Estado-Maior do Exército, assistente especial do Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, instrutor da Escola de Artilharia de Costa e Antiaérea, assessor parlamentar junto à Assembléia Legislativa do Paraná e chefiou a seção de comunicação social da 5ª Região Militar. Como Coronel, comandou o 3º Grupo de Artilharia Antiaérea (Caxias do Sul). Como General, comandou a Brigada de Artilharia Antiaérea (Guarujá), foi Diretor de Especialização e Extensão (Rio de Janeiro) e Adido Militar nos Estados Unidos da América e no Canadá.

Além dos cursos militares normais, que lhe asseguraram o título de Doutor em Ciências Militares, freqüentou cursos e estágios de comunicação social, da tecnologia da informação, da ADESG e, na França, o curso de capitães de artilharia antiaérea. Participou de visitas oficiais à França, Espanha, Israel, Rússia, Argentina, Estados Unidos e Canadá.

Das condecorações e títulos que recebeu, destacam-se a Ordem do Mérito Militar, Aeronáutico e das Forças Armadas, a medalha do Monumento Nacional ao Imigrante (Prefeitura de Caxias do Sul), Cidadão Honorário de Guarujá e Vulto Emérito de Curitiba.

É autor de “Sessenta Crônicas” (2009), “Mãe de Candidato” (2011), “Túneis, Tatus e Ora Bolas!” (2013) e “Ciscos e Franciscos” (2015), todos publicados pela Editora Íthala.

É membro efetivo da Academia de Cultura de Curitiba, tendo tomado posse em 02 de dezembro de 2012.

Em novembro de 2014 assumiu a Cadeira de número 19, que tem como Patrono Emílio de Menezes, da Academia de Letras José de Alencar.

Atualmente é articulista de vários jornais, com mais de 300 textos publicados.