Discurso de posse na Academia de Letras José de Alencar

Vídeo: clique aqui para assistir
Senhoras e senhores… caros amigos!
Bem que eu gostaria que em minhas veias fluísse um sangue de poeta. Os poetas, com sensibilidade, como a do nosso presidente Arioswaldo Trancoso Cruz, conseguem descobrir belezas muitas vezes escondidas, transformam o feio em bonito, o triste em alegre, o velho em moço, o caos em esperança, a guerra em paz.
Como não possuo este dom, limito-me a escrever crônicas, e, como todos sabem, nas veias de um cronista corre o ácido tempero da crítica. Já no final do século XIX, Jean Sibelius, compositor finlandês, um dos mais populares da Europa, aconselhava: “Não prestem atenção ao que os críticos dizem. Nunca nenhum prêmio foi dado a um crítico”.
Estava explicado por que, espalhadas mundo a fora, há estátuas de escritores de diferentes gêneros literários, especialmente de poetas, dificilmente de cronistas.
O meu caso é mais grave ainda: além de não ser poeta, sou péssimo declamador.
Com esse introito, aparentemente desnecessário, busco conquistar a boa-vontade das senhoras e dos senhores, pois vou tentar declamar uma poesia da lavra do Desembargador Joatan Marcos de Carvalho, ocupante da cadeira 36 desta Academia.
A Inspiração: “Ninguém sabe, ninguém viu./ Se existe ou não existe./Se ficou ou se partiu./Para mim é uma musa./Diáfana visto a bruma./Bela como o silêncio./Caprichosa fala lusa.”.
Entre tantas outras, igualmente belas, encontrei-a ao folhear o quinto livro da Estante José de Alencar, recentemente publicado. O que me atraiu, realmente, foi o título: “Inspiração”, pois era o que eu procurava desde o momento em que fui “escolhido” para dirigir-lhes a palavra nesta noite especial.
Confesso ter chegado até a recolher-me à demorada meditação, e nada… Dirão as más línguas, e eu hei de concordar, que militares são pouco afeitos a meditações. Possivelmente por isso mesmo, eu tenha acordado de sobressalto em madrugadas mal dormidas. Zanzei pela casa tentando encontrá-la. Saí, fui para o quintal. Quem sabe a lua e as estrelas não ajudavam… Vaguei por ruas, praças e parques da nossa querida Curitiba, mas nem assim…
Dizem que a inspiração está em toda parte, mas, por ser tão rápida, quando chegamos, ela já partiu. Parece que é verdade.
Minha última e desesperada tentativa de encontrá-la foi neste auditório. Entrei por aquela porta e, rapidamente, a fechei. Se ela estivesse aqui, daquela vez não escaparia. Procurei-a no teto, nas paredes, debaixo das poltronas e, num repente, a vi. Sabem onde ela estava? Sentada exatamente nas mesmas poltronas em que as senhoras e os senhores encontram-se agora.
Quando minha imaginação, naquela fração de segundo, os viu a todos, embora não estivessem aí, eu acabara de agarrar a inspiração com as duas mãos.
Seria óbvio estarem conosco pessoas queridas, que nos ajudaram a chegar até aqui. Pessoas a quem confiamos nossos primeiros rabiscos. Pessoas que nos incentivaram a tirar do fundo da gaveta nossos escritos para transformá-los em livro.
Livros, nossos filhos de papel e tinta, são como nossos filhos de carne e osso: será neles que permaneceremos vivos, que garantiremos a nossa perenidade, pois eles carregam os nossos genes.
Nas linhas e, principalmente nas entrelinhas, de suas poesias, sonetos, trovas, romances, contos, reportagens, crônicas ou, até, em obras de cunho científico, o autor revela o que está escondido no fundo da sua alma. Ele, mesmo sem querer, mostra quem realmente é, no que acredita. Ele se expõe. Para isso é preciso coragem. E vocês nos transmitiram coragem.
Naquela mesma fração de segundo em que senti a presença dos amigos que, pacientemente, haviam lido os nossos primeiros rabiscos, deparei-me com outras pessoas: aquelas que abriram as portas, os braços e o coração desta Academia para nos acolher.
Por um momento, cheguei a pensar em falar-lhes sobre o nosso Patrono, José de Alencar. Porém, deduzi que nada acrescentaria, mesmo se lhes narrasse toda a trajetória de sua vida, pois quem aqui nunca ouviu falar do famoso jornalista, político, advogado, inflamado orador, brilhante romancista e dramaturgo cearense? Quem aqui nunca saboreou a doçura dos lábios de mel de Iracema? Quem nunca sonhou com a delicadeza da Viuvinha de olhos negros e brilhantes? Quem aqui não sentiu orgulho de ser brasileiro, brasileiro e miscigenado, como um filho de Ceci e Peri?
Da obra de José de Alencar, limitar-me-ei a relembrar-lhes do seu marcante nacionalismo, em um momento de consolidação da nossa independência. Pungente de brasilidade, ela representou um esforço em povoar o Brasil com cultura e conhecimento próprios, e contribuiu para que nos sentíssemos não apenas como um povo multirracial e multifacetado, mas essencialmente como uma mistura de povos.
Se me permitem, gostaria de dividir com os amigos minha preocupação com o momento atual. Incomodam-me os ventos de discórdia e violência que sopram, vindos não sei exatamente de onde, e se alastram cada vez mais ameaçadores pelo Brasil.
Pergunto, então, e deixo para a reflexão de todos, se não estaria na hora de a obra de José de Alencar ser mais revisitada? Ou, ainda, se nossa literatura e nosso país não estariam clamando pelo surgimento de novos Josés de Alencar?
Mas quando percebi ser desnecessário falar-lhes sobre o nosso Patrono, pensei em aventurar-me em divagações sobre teorias literárias. Porém, todos logo perceberiam que eu estaria querendo demonstrar uma falsa erudição.
Além do mais, seria deselegante aborrecer a amigos que nos são tão caros, numa noite de festa, num momento que é único, em que menos vale mais, em que falar bem, falar bonito seria, definitivamente, falar pouco.
Cheguei à conclusão – eis a grande inspiração que recebemos de vocês todos que nos prestigiam com suas presenças – que a única mensagem que teríamos a lhes transmitir seria a nossa mais sincera e profunda gratidão.
Não poderíamos deixar de estender o agradecimento às confreiras e aos confrades que nos acolhem, e de manifestar a imensa honra em portar essa toga que, ao cobrir nossos ombros, alerta-nos de que sobre eles pesa agora a responsabilidade de zelar pela cultura brasileira, paranaense e curitibana.
Antes de finalizar, vou revelar-lhes um pequeno segredo. Erroneamente, chamei esta toga de pelerine e fui prontamente corrigido pela minha madrinha Anita Zippin. Creio que, por ter vivido muitos anos no Rio Grande do Sul, cometi essa falha.
Já que citei o Rio Grande, peço licença para usar uma expressão bem gaudéria a fim de tentar expressar a nossa emoção.
Nós todos, Cláudia Cristina Freitas Resende, Dione Mara Souto da Rosa, Lilian Deise Guinski, Luislinda Dias de Valois Santos, Walderez Escobar, Dálio Zippin Filho, José Geraldo da Fonseca, Ney Leprevost Filho e Hamilton Bonat, estamos “mais faceiros que guri de bombacha nova”.
Entretanto, na condição de novéis acadêmicos e, como tal, corresponsáveis pela valorização da cultura curitibana, não poderíamos deixar de citar um conterrâneo. Escolhi Paulo Chaves, poeta e compositor que, apesar de recentemente falecido, permanece vivo em “Piá Curitibano”, verdadeiro hino extraoficial da nossa cidade.
Em um dos seus versos ele afirma: “O piá curitibano cuida da cidade como gente grande”. Brincando com suas palavras, queremos proclamar que nós, como gente grande, cuidaremos da cultura da nossa cidade com a jovialidade de um piá.
Ao encerrar, manifesto a nossa admiração aos que dirigem, com elevado altruísmo, esta Academia. Seu rico acervo, construído ao longo de 74 anos, representa um patrimônio cultural que merece ser mais divulgado. Para isso, eles buscam agora inseri-la no ambiente das mídias digitais, desafio que nem mesmo a falta de recursos os fará desanimar. Nem a eles, nem a nós, principalmente agora que estamos fortalecidos com a inteligência, o bom humor e a simpatia baiana.
Queridos amigos! Devemos a alegria deste momento a todos vocês. Aceitem, portanto, nosso especial apreço e recebam a nossa mais calorosa e sincera gratidão.
Muito obrigado.
Hamilton Bonat Curitiba/PR, 29 de novembro de 2013

98 Respostas para “Discurso de posse na Academia de Letras José de Alencar”

  1. Astorga Diz:

    Parabéns, Bonat ! forte abraço, Astorga.

  2. Robert Henriques Diz:

    Caro amigo Bonat,
    Caindo no lugar comum, mas não sei como fugir. Mais um título merecido para quem sempre brilhou.
    Um forte abraço e tenha um Feliz Natal junto aos seus familiares.
    Robert

  3. GABRIEL CRUZ PIRES RIBEIRO Diz:

    Bonat,
    Parabéns pelo seu discurso de posse e pela mensagem final inteligente endereçada ao público seleto da Academia de Letras José de Alencar.
    Abs.
    Gabriel

  4. Regina Bonat Pianovski Diz:

    Hamilton, que belas palavras! Numa época em que pouco se fala ou se declama poesias, seu discurso apresenta uma ode a cultura literária.Parabéns!!! Abraços Regina

  5. Joaquim Rocha Diz:

    Prezado Amigo Acadêmico Bonat
    Mais uma vez, parabéns pela sua posse na renomada Academia de Letras José de Alencar, extensivo a Dª Norma e familiares. Li o seu discurso e me chamou a atenção duas coisas: (entre outras, evidentemente): o seu chamamento por novos Joses de Alencares, como recurso para salvar o nosso Brasil, e a sua aparente dificuldade de inspiração; daí me lembrei que aprendi, quando adolescente, que não existe o improviso, existe, isto sim, uma longa e inconsciente preparação. Acredito que isso te ajudou a encontrar a buscada inspiração.
    Um abraço do amigo e admirador
    Joaquim Rocha

  6. EDMAR LUIZ KRISTOCHIK Diz:

    Parabéns por mais essa conquista na sua vida. Eu sou um profundo admirador de suas crônicas e, como seu fã, também sinto-me honrado com esse cerimonial. Deus esteja sempre com o prezado amigo e sua família.

  7. Mitaruru Moleda Diz:

    Bonat… parabens, parabens, parabens, o que seria do homem sem objetivos e metas, o que seria do homem sem amigos, o que seria do homem sem filhos, o que seria do homem sem livros… te digo companheiro de anos e anos da Amifoz, siga em frente e plante uma arvore, eu ja plantei e onque me falta sao os livros… sucesso e saude caro compatriota e quase conterraneo. Me recupero de uma tibia quebrada, serao 60 bons dias de leituras e reflexoes, alem das fisioterapias e uma nova cirurgia… Mitarusu Moleda.

  8. bonat Diz:

    Amigo Gen Bonat
    Felicidades e muitos sucessos na Academia de Letras,Abrs Ahi

  9. bonat Diz:

    PARABÉNS!
    MM

  10. bonat Diz:

    Oi Bonat, muito inteligente o seu discurso, já que sobrou para ti, você foi procurar a inspiração e a procurando, achou na conclusão.
    Mudando de assunto o que foi a “explosão de alegria” da minha torcida ao ser campeão da Copa do Brasil, eu nunca tinha visto tanta paixão pelo meu Mengo, quando gritei Gol, era o prédio, os arredores gritando muito mais alto do que eu, e com o 2º gol e o encerramento do jogo, eram rojões, buzinaços, etc. comemorando comigo, fiquei muito surpreso com a solidariedade dos coxas, parecia que estava no Rio, nunca vou esquecer essa “explosão de alegria”.
    Abraços e novamente meus parabéns, Brawerman.

  11. bonat Diz:

    Parabéns pela merecida conquista. Abraços Campanhoni

  12. Guilherme Fregapani Diz:

    Meu caro Noblat: bom dia.
    Teu discurso alegrou meu dia.
    Vejo que ainda existem brasileiros que sentem o Brasil como um Pais e, nao apenas, como um balcao de negocios.
    Parabens pela felicidade com que apresentaste tuas ideias e ideais mas, principalmente, pela tua vida e por teu patriotismo.
    Recebe o meu fraterno abraco. Fregapani

  13. Vanderlei F Bomfim Diz:

    Amigo Bonat: continue escrevendo suas crônicas. O sr é muito bom nisso. Folgo em ser seu amigo. Abs Bomfim

  14. Ernesto Caruso Diz:

    Amigo Bonat

    Efusivos cumprimentos pela brilhante conquista a confirmar que a farda não abafa o coração do cidadão/soldado, enobrece as letras que vagam pela eternidade e transmitem os bons ensinamentos colhidos no jardim da vida a serviço da Pátria plenos do sentimento de brasilidade e integração do militar na sociedade.
    Abraços e votos de muitas felicidades extensivos à família.
    Caruso

  15. bonat Diz:

    ILUSTRE GENERAL BONAT
    FICO HONRADO EM RECEBER TAL NOTICIA, LAMENTO NÃO TER O PODER DAS PALAVRAS PARA LEVAR UMA RESPOSTA DIGNA A UM IMORTAL.
    SÓ POSSO DIZER QUE PELO SEU TALENTO EM DISSERTAR SUAS OBRAS LITERÁRIAS A SOCIEDADE NÃO PODERIA TER OUTRA RESPOSTA.
    PERMITA-ME CUMPRIMENTÁ-LO .
    Cesar Salomão

  16. Mário Rossi Corsetti Diz:

    Bom Dia Gen !
    Nada mais justo para um cronista de sua estirpe. Minhas congratulações pelo reconhecimento recebido de sua Academia. Um abraço e até a próxima crônica. Ou poema, quem sabe.

  17. bonat Diz:

    Beleza, Bonat…
    Gostei da reflexão sobre as estátuas…. os críticos ou os que ousam criticar sempre têm um amargo na fala… os poetas, ao contrário, têm um doce nos versos… mesmo quando criticam.
    Ouso um discordar: o milico medita muito… mas a sua profissão o faz extremamente realista, por isso acaba por ser amargo, como o é a realidade, e aí nunca ter a doçura dos poetas…
    Gostei da tua abordagem… fiquei pensando se fosse eu no teu lugar e me deu um frio na barriga… a tal inspiração estaria longe e mais que diáfana… ausente.
    Abç. LCH

  18. bonat Diz:

    Prezado General Bonat:
    Em primeiro lugar, meus parabéns! Lerei seu discurso assim que minhas filhas me deixarem voltar ao computador.
    Bom Domingo! Gustavo

  19. Alfredo Cherem Filho Diz:

    Meu Caro General
    Obrigado pela notícia maravilhosa, fico feliz quando o talento é enaltecido e brindado, parabéns, e espero ansiosamente a sua nova crônica.
    Um Grande Abraço
    Alfredo 01.12.13

  20. bonat Diz:

    Parabéns, Hamilton. Você é merecedor!!! Abraços,
    Diva

  21. bonat Diz:

    Caro Gen Bonat, parabéns!
    Cumprimento o ilustre amigo pela merecida posse como acadêmico do Sodalício José de Alencar. Certamente o egrégio grupo foi enriquecido com o ingresso do preclaro escritor. Como paranaense, compartilho honrado, da escolha de tão alto nível literário.
    Forte abraço,
    Waldicir

  22. Paulo Carvalho Diz:

    Amigo Bonat,

    forte abraço e cumprimentos pela bela conquista. Oportuno e reflexivo discurso de posse.Abraços
    Paulo Carvalho

  23. bonat Diz:

    Exmo Sr Gen Hamilton Bonat,
    Bom dia.
    Estimo que V.Excia e digníssima família, estejam bem!
    Nós estamos bem graças ao bom Deus!
    Parabenizo por mais essa merecida e importante conquista, rogando a Deus pleno êxito, que certamente o terá!
    Com apreço,
    Um fraterno abraço,
    Rezende.

  24. bonat Diz:

    Prezado amigo Bonat
    Parabéns pela posse na Academia e pela mensagem inteligente apresentada.Que a inspiração esteja sempre a seu lado e que nós possamos continuar a desfrutar de seus escritos.
    Abs.
    CL

  25. Bahi Diz:

    Valeu, parabéns Bonat ! forte abraço, Bahi.

  26. bonat Diz:

    CARO AMIGO GENERAL BONAT
    PARABENS POR MAIS ESTA CONQUISTA DA QUAL MUITO ME ORGULHO POR SER SEU LEITOR E ADMIRADOR ENCAMINHO TAMBEM VOTOS DE SUCESSO DE MINHA MAE.
    GRANDE ABRAÇO MARIO

  27. Assis Utsch Diz:

    Prezado Bonat,
    Não ouvi, mas li seu discurso. Parabéns pela merecida assunção a uma condição que você muito merece.
    Abraços, Assis Utsch

  28. Marino Diz:

    Caro amigo Bonat!
    Parabéns pela clareza,lucidês e inteligentes idéias apresentadas na alocução de posse. Abraços Marino

  29. bonat Diz:

    Muito bom.
    Parabéns por mais essa conquista.
    Continue através das palavras escritas levando imaginação, cultura e conhecimento aos seus leitores.
    Grande abraço.
    Alexandre.

  30. bonat Diz:

    Ao nobre acadêmico
    Não foi tão difícil encontrar a inspiração, tenho certeza, já que ela sempre o acompanha.
    Parabéns, além da competência literária, o descortíno, a capacidade de expressão e a vivência profissional como militar e artilheiro, foram confirmadas nesse discurso.
    Um abraço
    Do amigo Joaquim

  31. bonat Diz:

    Desejo parabeniza-lo por esse evento.
    Muito merecido.
    Só recebi hoje seu e-mail.
    Abraço
    Uraci

  32. bonat Diz:

    Parabéns General! Muito sucesso e saúde.
    Forte abraço, TC Morgado

  33. bonat Diz:

    Parabéns, caro amigo Bonat!

  34. Carlos Abilhoa Diz:

    Amigo Bonat,

    Certamente uma das melhores aquisição da Academia. Você só vai abrilhantar cada vez mais a instituição. PARABÉNS. Fraternal Abraço. Abilhoa.’.

  35. bonat Diz:

    Bonat
    parabéns pela elegância da mensagem. VC é DEZ ! ACMF

  36. bonat Diz:

    Caro amigo Bonat
    Acuso o recebimento de “email” sobre a sua posse na Academia de Letras José de Alencar.
    A Academia de Letras José de Alencar, que há mais de 70 anos divulga e difunde o poeta, o trovador e o cronista paranaense, é um orgulho para nós naturais desse singular Estado. É através da arte que se projeta a cultura e a história. A Academia Paranaense consegue difundir nossos pensadores além fronteiras.
    Quanto a José de Alencar, poeta, escritor e cronista cearense, ele tem ligação com a história do EB no Ceará, uma vez que sua avó Bárbara de Alencar, pioneira feminina nos movimentos em prol de independência do Brasil, segundo relatos, esteve detida no aquartelamento onde hoje é a sede da 10a. RM.
    Caro Bonat, sua posse na Academia de Letras José de Alencar enobrece nossa Instituição Exército Brasileiro. É uma honra ter um militar de escol representando o EB junto ao órgão do mais alto nível intelectual nessa importante Metrópole de um dos mais prósperos Estados brasileiros.
    Parabéns pelo discurso e pelo sucesso do evento.
    Encerro reiterando meus efusivos cumprimentos ao mais novo imortal Paranaense.
    Um fraterno abraço
    Sérgio

  37. bonat Diz:

    Pela merecida indicação de ingresso na Academia de Letras José de Alencar, ao tomar posse no dia 29/11/2013, receba os votos de parabéns e felicidades pela conquista, com um grande
    abraço dos amigos Nelson Antonio e Graça

  38. bonat Diz:

    Prezado General Bonat, parabenizamos pelo alto cargo intelectual que assumiu. Para nós militares isso significa uma grande honra. Parabéns. AER

  39. bonat Diz:

    Hamilton, estamos muito orgulhosos por esse “parente” fazendo tanto sucesso na literatura. Sucesso sempre, desejamos a você e a sua querida família muitas felicidades nesse momento tão importante em sua vida. Parabéns querido. Um grande beijo de minha família, IMH.

  40. bonat Diz:

    É isso aí !!
    Parabéns pelo sucesso…..
    Um grande beijo
    Pati

  41. bonat Diz:

    Estimado Amigo e Confrade.
    Lamento não poder testemunhar sua merecida posse na Academia de Letras JOSÉ DE ALENCAR, por compromissos intransferíveis.
    Sua capacidade intelectual precisa continuar ganhando os horizontes da cultura, porque lá é onde se situa uma gama de necessitados, querendo saber e conhecer.
    Parabéns

  42. bonat Diz:

    Boa tarde Ilmo. Sr. Hamilton Bonat, não obstante de sua cultura jurídica, quero barabenliza-lo e desejar muitas felicidades por mais uma vitória “MERECIDA” em sua vida, um grande abraco de seu cunhado e admirador.
    Antônio

  43. bonat Diz:

    Parabens, primo.
    Fico feliz por ter um primo na Academia de Letras.
    Voce merece.
    Abracos
    Luiz

  44. bonat Diz:

    Parabéns Bonat! O sabre e a pena manuseados, cada um a seu tempo, a serviço do Brasil, pelo mesmo Homem. Abrs do Marco Marco

  45. bonat Diz:

    Prezado Gen Bonat,
    fiquei feliz de saber de vossa assunção e quero desejar sucesso e dar meus parabens.
    A Academia é quem deve comemorar e nós aqui iremos brindar a sorte dela.
    Abraço
    Leonidas

  46. J.Koffler Diz:

    Mui preclaro e agora honorável e imortal amigo Bonat:
    Respeitosamente, não me causou nenhuma estranheza a notícia da sua honrosa inclusão no rol de ilustres e imortais componentes da APL. Você está apenas sendo reconhecido por sua larga contribuição à literatura paranaense e nacional. E esse “apenas” não é menosprezativo; pelo contrário, é sinônimo do seu vasto conhecimento nas letras, com delicada sensibilidade e aguçado tino na pena.
    Minhas sinceras felicitações poderão parecer inócuas ante a grandeza desse reconhecimento. Destarte, só me cabe dizer-lhe, com a sinceridade que os anos me agraciaram: “O escritor original não é aquele que não imita ninguém, mas sim aquele que ninguém pode imitar” (François René). Eis o que melhor expressa sua realidade literária.
    Permita-me, por derradeiro, dar-lhe um carinhoso e fraternal abraço virtual. Você merece, meu caro amigo!

  47. Ronaldo Brito Diz:

    Parabéns paea você e para o Ghost Writer.
    Fraterno abraço.

  48. Renato Silva e Silva Diz:

    Parabéns, Bonat. Belas palavras. Certamente que a Casa de José de Alencar irá se orgulhar de sua participação a abrilhantar a veia cultural de Curitiba.
    Abs

  49. Reges F. M. Da Cunha Diz:

    Prezado , agora Imortal Gen Bonat!
    Aqui em Blumenau – SC estamos todos muito felizes pelo sua indicação e atual Sucesso, na Academia de Letras.
    Eu conheci este Escritor , em voo para Natal. Somos fiel a seus livros e Crônicas , agora cada vez mais.
    Parabéns , saúde e paz para continuar escrevendo à todos nós.
    Fraternal abraço
    Reges Francisco Moraes da Cunha

  50. Wander Soares Diz:

    Caro Bonat,
    Não precisei de paciência para ler seu discurso. Curti cada palavra. Muito bom! Parabéns, és agora imortal. Abraço,
    Wander

  51. b Diz:

    Caro Hamilton:
    Como sempre foram ótimas as suas palavras que pude apreciar pessoalmente.Você merece estar lá e a sua escolha para ser o orador foi perfeita. Tenho orgulho de pertencer a seu rol de amigos.
    Parabéns e abraços pela nova honraria.

  52. bonat Diz:

    Parabéns, por mais uma brilhante conquista.
    Abraços
    Esther

  53. bonat Diz:

    Caro Bonat
    Li o seu discurso de posse. Mais uma obra prima, digna de constar de sua próxima publicação.
    Enquanto o cumprimento por essa merecida e justa acolhida na Academia de Letras José de Alencar, quero relatar um uma experiência recente, aqui no RS. Estou em Porto Alegre, recém chegado de Caxias do Sul, onde fui assistir à formatura do NPOR\3ºGAAAe. O filho do meu irmão, que reside em Caxias, formou-se na turma de 2013. Enquanto eu circulava pelo aquartelamento, e pelo CTG aí abrigado, tive oportunidade de conversar e conhecer alguns caxienses (pessoas comuns, representantes do legislativo municipal e integrantes da ADESG local). Em muitas ocasiões, seu nome foi lembrado com respeito e admiração. Me senti privilegiado em relatar que o conhecia de longa data, e que me incluía no rol de seus amigos. Em particular, o Sr. Vitor da ADESG incumbiu-me de transmitir seu abraço e saudações.
    Renovo meus cumprimentos pela posse e por essa e tantas outras pérolas de sabedoria e perspicácia produzidas.
    Meu abraço,
    Nass

  54. bonat Diz:

    Arrasou, primo! rssss Li o discurso na página do Dirceu, que postou logo após a cerimônia. Muito bom, emocionante. Parabéns mais uma vez. Ótimo domingo, abraços á todos.

  55. bonat Diz:

    Nossas congratulações Gen Bonat.
    Excelente saber dessa assunçao e do merecido reconhecimento pelos textos, pesquisas, livros.
    Será uma motivação para outros militares também.
    Forte abraço a toda a família.
    Jamil e Rosane

  56. bonat Diz:

    Parabéns, General, por mais essa conquista!
    Um forte abraço,
    Décio

  57. bonat Diz:

    Prezado anigo Gen Bonat,
    Muito lhe agradeço a gentileza da participação e convite enviado para a sua posse na Academia de Letras José de Alencar. Embora não pudesse comparecer pessoalmente, lá estivemos presente em pensamentos e sentimentos, acompanhando espiritualmente e compartilhando da sua emoção, alegria e felicidade por mais este justo e meritório reconhecimento às suas excelsas qualidades literárias de cronista já consagrado e reconhecido pela crítica. Desejo-lhe muito sucesso futuro em suas próximas obras, para deleite de seus leitores e admiradores.
    Sou-lhe muito grato também pelo envio do texto do seu discurso de posse e lhe transmito efusivos cumprimentos, pela muito oportuna, original e inteligente abordagem do tema principal do mesmo – a Inspiração -, que serviu de gênese para todas as demais considerações expostas.
    Torno extensivos também à sua distinta esposa e família os presentes cumprimentos, pois constituem um vínculo sempre presente e solidário em todos os momentos da sua existência, quer seja como militar na ativa, quer seja agora como escritor consagrado.
    Um forte e fraterno abraço.
    Queiroz.

  58. durval santos Diz:

    Meu Caro Amigo General Bonat

    Não precisei da paciencia que vc pediu para ler na íntegra o seu brilhante discurso, muito pelo contrario , a claresa e a facilidade como vc aborda os assuntos , fez do discurso uma agradavel surpresa. Parabens e muito merecido. abcs durval santos

  59. bonat Diz:

    Parabéns Bonat por mais essa conquista merecida.
    Abs,
    Goston

  60. Mario Gardano Diz:

    Amigo Bonat, parabéns, acima de tudo sempre humilde,mas sem confetes talento você tem de sobra.
    abraços
    Mario Gardano

  61. salazar Diz:

    Estimado amigo Gen Bonat
    Ao cumprimentá-lo por mais uma brilhante conquista, esta no mundo literário, quero externar o meu orgulho e a minha satisfação por ter um dia contribuido, embora modestamente., para sua. formação militar. V Exa é um vencedor: na carreira das armas atingiu o posto máximo, o generalato, e agora, nas letras, tornou-se um imortal paranaense, em sua terra natal .
    PARABÉNS pela conquista e pela bela oratória .
    Um forte abraço.
    Cel Salazar.

  62. Nádia Burda Diz:

    Caro Amigo,
    acredito q temos tantos Josés poraeh! Perdidos, não valorizados….
    Basta assistir ao The Voice(apesar dos exageros de berros Às vezes), quanto talento desperdiçado?
    No mais, meus sinceros parabéns, é merecido.
    Um abração

  63. bonat Diz:

    Caro Hamilton ,
    Obrigado por me permitir compartilhar a árdua procura por momentos de inspiração, e pela oportunidade aprender muito com os teus escritos.
    Abc
    Lc

  64. bonat Diz:

    Meus parabéns duas vezes, pela “posse” e pela “fala”; seja bastante feliz e pródigo nos seus escritos. Abç. JN

  65. Cel Mello Diz:

    Prezado chefe e guru Gen Bonat,

    Parabéns!
    Ficamos muito contentes com mais essa conquista.
    Que Deus continue iluminando os seus caminhos.

    Aguardamos a sua visita em Brasília.
    Grande abraço,
    Cel Mello e família

  66. Selvino Muraro Diz:

    Caro companheiro Bonat
    Fico feliz pela sua merecida conquista, VC bril no que se propõe. A leitura que fazes do cotidiano nos desafia a atitudes diferentes. Parabens.

  67. bonat Diz:

    Boa noite Gen BONAT
    PARABÉNS pelo discurso e, principalmente, pela posse na Academia de Letras José de Alencar.
    Um grande e fraterno abraço, muita PAZ, SAÚDE, HARMONIA e LUZ.
    GM

  68. Ranieri Diz:

    Cumprimentá-lo com uma simples e pequena palavra “Parabéns” é pouco, mas é sincera…Um forte abraço.

  69. Amaury koschinski Diz:

    Carissimo amigo Gen Bonat:
    Parabéns por seu discurso claro, enriquecedor e objetivo, que caracteriza de forma irrefutável sua sabedoria, agora comprovadamente reconhecida academicamente.
    Meus fotos que essa caminhada acadêmica seja longa e profícua.

  70. Paulo Chagas Diz:

    Parabéns, Hamilton, pelo discurso e pelo justo reconhecimento de sua competência e de seu “crônico” amor pelas letras!
    Fraterno abraço.
    PChagas

  71. bonat Diz:

    Estimado General Bonat, parabéns pela honrosa posse e pelo discurso, extensivo à sua dileta família.
    Grato pela mensagem e poder compartilhar de sua amizade.
    Vilmar

  72. Miriam Polimeni Dias Diz:

    Sinto-me agraciada pelas palavras tão bem colocadas em seu discurso, parabéns pela homenagem tão merecedora.Miriam

  73. Afonso Pires Faria Diz:

    General, brilhante discurso. Seria chover no molhado repetir os elogios já citados. Faço minhas a todas as palavras de elogios feitas acima. Um grande abraço.
    Afonso

  74. bonat Diz:

    Caro amigo Gen Bonat.
    Embora não admitas, mas, também possui uma veia poética. Bela oratória, ressaltando que ainda não esquecestes do RGS, prova disso foi sua lembrança gaudéria “mais faceiros que guri de bombacha nova”. Parabéns pela integração à Academia de Letras José de Alencar aí de Curitiba. Forte abraço do Zartão

  75. Saulo Fabre Diz:

    Prezado Amigo Hamilton:

    Parabens, e continue prestigiando nosso café.

    Abraço
    Saulo

  76. Antônio Nacif Daur Diz:

    Bonat,
    Meus parabéns. Sugiro que este texto seja incluído no seu próximo livro.
    Um abraço.

  77. Brugalli Diz:

    Cumprimentos, caro amigo e “confrade”. Para ingressar em uma Academia é preciso ter méritos e mérito é o que não lhe falta. Eu também, aqui de longe, fiquei “mais faceiro que gurí de bombacha nova” porque vejo que quem passou pela querência, aquerenciado está. Rogo a Deus que ilumine
    sempre mais sua mente e “guie sua pena por estes campos de papel” semeando a boa semente da ética, lavrando e jogando no fogo os inços e outras ervas daninhas que sufocam a cultura brasileira.
    Parabéns, amigo e que Deus o guarde.
    Brugalli.

  78. GILBERTO LIMA SANTOS Diz:

    Parabéns Gen Bonat por mais esta conquista, com certeza todos que somos seus fãs, com sua posse na Academia de Letras nos sentimos honrados e orgulhosos. Um abraço e um FELIZ NATAL.

  79. anita Diz:

    QUE BOM INDICAR UM POETA, UM PENSADOR PARA A ACADEMIA DE LETRAS JOSE DE ALENCAR.
    SEU DISCURSO AINDA ECOA NOS MEIOS CULTURAIS COMO UMA DAS MAIS BELAS PEÇAS PRODUZIDAS ÁS SOMBRA DOS PINHEIRAIS.

    ABS

    ANITA ZIPPIN

  80. Andersson Beccari Diz:

    Coronel Bonat!!! Tenho que lhe chamar de coronel se me permite. Lembra de mim? O “garoto” do Alvo Aéreo em Caxias do Sul. Jantamos juntos no Rio ha MUITOS anos atras com o então, “Ten Hildo Pissetti” aqui do 3gaaae. Grande abraco para o senhor e que Deus lhe ilumine. Abraco fraterno.

  81. bonat Diz:

    Caro General Bonat.
    Parabéns pela meritório ingresso na Academia José de Alencar e pelo belo discurso de posse.
    Forte e fraterno abraço.
    Joel

  82. Ten Cel Gurgel Diz:

    Caríssimo Gen Bonat,
    Que as novas gerações de oficiais do Exército possam se inspirar em homens como o Sr, que consegue colocar no papel, de forma brilhante, os ideais forjados ao longo de uma vida digna e inteiramente dedicada ao serviço da Pátria. Os integrantes do Grupo Salomão da Rocha lhes dão os parabéns por mais esse reconhecimento por seu profícuo trabalho em prol da cultura.
    Forte abraço
    Ten Cel Gurgel
    Cmt 5º GAC AP

  83. Gustavo Rocha da Silva Diz:

    Prezado General Bonat:

    Já lhe tendo dado parabéns pela posse, felicito-o pelo discurso, onde as linhas que descrevem sua busca de inspiração têm inegável sabor poético. Além disso concordo plenamente com a atualidade de José de Alencar e com a necessidade de voltarmos aos seus livros. “Iracema”, “O Guarani” e “O Tronco do Ipê” (principalmente este) têm sido amigos preciosos desde a minha longínqua adolescência.

  84. bonat Diz:

    Caro amigo Bonat
    Parabéns pela posse e pelo discurso muito expressivo.
    O seu enorme talento literário produz excelentes obras.
    Assim sendo, pode-se afirmar a inteira justiça da sua admissão como Acadêmico dessa nobre instituição curitibana de letras.
    Abraços calorosos.
    Ariel

  85. Ariel P. da Fonseca Diz:

    Caro amigo Bonat
    Parabéns pela posse e pelo discurso muito expressivo.
    O seu talento de notável escritor justifica, plenamente, a sua admissão como Acadêmico dessa nobre instituição curitibana de letras.
    Abraços calorosos.
    Ariel Fonseca

  86. bonat Diz:

    Um forte abraço e parabens pela merecida escolha…
    Banks e Familia

  87. ROSELENE FERREIRA Diz:

    BRAVO BONAT!!!!
    TE SUPERASTE!!!!
    ESTÁ BRILHANTE TEU DISCURSO!!!!
    ME SINTO MUITO ORGULHOSA DE TI!!!
    PARABÉNS!!!!!!
    BJS !
    ROSELENE.

  88. Giovani Amaral Diz:

    Parabéns, caro Gen Bonat, porém não fico nem um pouco surpreso, pois o Sr já comprovou seu insuperável talento com as letras. Sinto-me honrado em constar de sua lista selecionada dos integrantes a quem sempre envia as “news” e essa, com certeza é uma grande novidade. Mais uma vez parabéns. O Sr é merecedor.
    Giovani

  89. Bruno Caron Diz:

    Parabéns G.al Bonat, pode ser que em suas veias não corra o sangue de poeta, mas suas crônicas também são fonte de inspiração para nós que temos a honra de conhece-lo e poder apreciar o seu excelente trabalho literário.
    Forte abraço.

  90. Joaquim Cardoso da Silveira Filho Diz:

    Prezado Hamilton,

    Calorosos cumprimentos por seu ingresso na Academia de Letras José de Alencar. E outros iguais à Academia, pela feliz admissão em seu seio de um intelectual de seu porte. Atributo, aliás, que transparece em seu discurso de posse.
    Forte abraço,

    Joaquim

  91. Jarid Diz:

    Parabéns, Bonat.

  92. Adelmo Sarturi Diz:

    Prezado Bonat…..

    Parabenizo-lhe pela posse na Academia, ensejando muito sucesso e felicidades nessa nova honraria em que é merecedor! Lindas palavras na posse, e logo chama a atenção o trecho em que fala: “Os poetas… transformam o feio em bonito, o triste em alegre, o velho em moço, o caos em esperança, a guerra em paz…”

    Parabéns e um grande abraço!
    Adelmo Sarturi

  93. Paulo Cesar de Castro Diz:

    Estimado Bonat,
    Li seu belíssimo discurso de poeta e que revela a sensibilidade que transformou em êxito seus ditos “rabiscos”. Sua obra levou-o, com justiça, à Academia que está enriquecida por tê-lo como confrade. Parabéns e muito grato por sua amizade. Você me faz cada vez mais orgulhoso do promissor e sempre jovem Cadete Bonat.
    Parabéns!

    Gen Castro
    P.S. – Em sigilo e linguagem codificada, deveria assinar com o pseudônimo de Adrede?

  94. Paulo Cesar de Castro Diz:

    Estimado amigo acadêmico Bonat,
    Fico emocionado e orgulhoso de vê-lo na Academia. Engrandece-o e ela ficou enriquecida ao acolhê-lo Cumprimentos efusivos por seus “rabiscos” e pelo belo discurso, tão poético, sensível e atrativo. Parabéns”
    Gen Castro
    P.S. – Em sigilo e linguagem criptografada,deveria usar o pseudônimo “Adrede”?

  95. Laura Vaz Diz:

    Caro general:
    Excelente discurso! Não me surpreendeu, vindo de quem veio e confirmou o que todos já sabiam: seu lugar na Academia era mais que merecido. Mais uma vez, parabéns!
    Aproveito para desejar-lhe muito sucesso, muita saúde, alegria e paz extensivos a toda sua família. Boas Festas!
    Grande abraço
    Laura

  96. bonat Diz:

    Prezado Hamilton,
    Sua posse na Academia de Letras José de Alencar representa o reconhecimento da comunidade curitibana à sua prolífera carreira de letras. O seu discurso de posse, refletindo o seu caráter e a sua formação, foi claro, sincero, informativo e de uma fluência admirável. Comecei a lê-lo e somente parei ao chegar ao final. Parabéns!
    Por oportuno, desejo à você, Norma e a toda sua família um feliz Natal e um 2014 cheio de alegrias.
    Um forte abraço,
    Mario

  97. Hans H. Shelton Diz:

    Santos Dumont passa nesta cadeira como uma grande águia ferida antes de pousar. Eleito, morre antes de tomar posse.

  98. Félix Maier Diz:

    Parabéns, general Bonat, pela posse na Academia, mais do que merecida.
    Feliz 2014 para o senhor e sua família!

Deixe um Comentário