Arapongagem: canina ou digital? (clique para ler)

“Diga ao seu comandante que, na hora que eu quiser, posso saber onde se encontra cada um dos generais do seu exército. Consigo identificar, até, quantas estrelas eles portam nos ombros”. Essa declaração, aparentemente atual, é de 1991. Poderia ter sido pronunciada em Washington/DC, mas eu, na época tenente-coronel, estava ouvindo-a em Moscou. E quem falava não era alguém da Agência de Segurança Nacional (NSA, em inglês) americana, mas o general russo encarregado do comércio exterior de material de defesa, que ainda acrescentaria: “Estamos oferecendo este serviço ao Brasil”.

O velho general foi prudente, a ponto de não ter revelado que eles acompanhavam, com muito mais razão, os passos de Itamar Franco, nosso presidente, e dos seus ministros.

Claro que a proposta me surpreendeu, pois me encontrava em sua sala apenas para trocar ideias sobre a visita que fizera a fim de avaliar um míssil que nos interessava e que sabíamos ter sido resultado de uma bem-sucedida operação de espionagem conduzida pelo serviço secreto soviético.

Russos e americanos haviam investido maciçamente na corrida espacial, a face limpa da suja guerra fria, que tantas mortes havia causado em países periféricos. Foi graças a ela que passaram a dominar o mundo. Desde aquele ano, e mesmo antes, eles nos bisbilhotam, pois o Brasil é o principal país da América Latina. Não só eles, mas outros também. Manter-se bem informado faz parte do eterno compromisso dos governantes para com sua nação. Para isso, cada qual utiliza os meios que sua tecnologia é capaz de inventar e produzir.

Permitam-me citar um exemplo recente: embora a imprensa e o Itamaraty, não sei por que, tenham se calado, o fato é que Evo Morales mandou invadir o avião do nosso ministro da defesa que estava taxiado no aeroporto de La Paz. Agentes bolivianos usaram cães farejadores (um avanço tecnológico para eles), o que sugere desconfiarem que nosso ministro estaria traficando drogas, o que, convenhamos, é ridículo, principalmente partindo de quem partiu.

Foi uma agressão à nossa soberania. O Brasil deveria ter reagido com a altivez de um leão, a mesma que agora, corretamente, demonstra em relação à arapongagem digital americana. Mas não o fez. Parece que ao senhor Evo tudo é permitido.

Obviamente, pouco adianta rugir como leão se leão não formos. Para virarmos leão de verdade, só existe um caminho: investir em nossos cientistas, em suas pesquisas e, claro, em educação de qualidade para as nossas crianças.

Caso contrário, continuaremos a ser o grande bobo da América Latina, submissos às vontades de Evo, das FARC e de outros fornecedores da droga que está destruindo o futuro da nossa juventude. A eles não interessa a evolução dos nossos jovens. Ao invés da evolução, acenam com a revolução, onde o prefixo “re” tem o sentido de recuo, de retorno a um passado retrógrado, o mesmo que levou, depois de setenta anos, a desgraça ao sofrido povo russo, a quem tinha sido prometido o céu.

Entretanto, o éden por ele sonhado seria um lugar reservado apenas para alguns poucos chefões do onipresente e dominador partido único, mesmo depois de o sonho ter acabado. Entre eles, estava o velho general que fez aquela surpreendente proposta, que acabei incluindo no meu relatório, mesmo sabendo que não seria levada em conta.

42 Respostas para “Arapongagem: canina ou digital? (clique para ler)”

  1. Renato Silva e Silva Diz:

    Muito boa lembrança. Quem não cria competência não se estabelece já é uma máxima antiga. Estão querendo despistar a atenção dos brasileiros enquanto acontecem verdadeiros despautérios no ” desgoverno”. Espionagem sempre vai existir, seja no nível social, corporativo ou governamental . É da natureza humana saber o que os vizinhos, concorrentes e rivais fazem e que possam lhe prejudicar. abs

  2. ALFREDO CHEREM FILHO Diz:

    Meu Caro General
    Concordo plenamente com suas afirmações, acho que este estardalhaço que eles fazem, também é para desviar a atenção de nosso ingênuo povo, mirando o alvo aos possíveis inibidores de seus intentos.
    Um Grande Abraço, obrigado pelo envio;
    Alfredo 10.09.13

  3. Higino Diz:

    Mano…
    Parabéns… O tal primeiro mundo e os outros do BRIC estão tão adiantados, nessas tecnologias, que a nossa tecnologia de espionagem está para a deles como a dos xavantes estão para a nossa…
    Abç

  4. Roberto Diz:

    Bonat, muito bom o ângulo de sua abordagem. Quem não se faz respeitar nas pequenas coisas, jamais o será em qualquer outra! Quanto à revista da aeronave, utilizada pelo ministro da defesa, creio que foi devido a cocaleiros e petralhas se conhecerem muito bem! São capazes de tudo, franqueados pelas suas sujas ideologias… Roberto.

  5. Emerson Barroso Diz:

    Caro Bonat.
    Este Leão,lembrando a antiga fábula,está mais para o ratinho. Não sei qual “democracia” este governo finge adotar aqui. Está claro que a intenção é impor um regime ditatorial e comunista. A resposta de Obama para a Dilma seria: “Sou o presidente de uma nação, responsável pela vida e o bem estar dos meus cidadãos. Somos alvos frequentes de terroristas. Meu serviço de inteligência acompanha os passos de todos os terroristas atuais e de todas as épocas”. E Dilma que vista sua carapuça.

  6. J.Koffler Diz:

    Caro amigo Bonat,
    Sua narração é assaz emblemática, ao escancarar os dois pesos e as duas medidas de que se servem os nossos poderes republicanos, em amplo termo, para julgarem todo e qualquer ato, interno ou externo, a exemplo da arapongagem norte-americana.
    Parece mais que claro que os menos avisados intempestivamente sairiam em ostensivo e estrondoso aplauso louvando as palavras vazias da presidentA, como efetivamente sucedeu. Ninguém se preocupou (como você o fez brilhantemente) em mostrar “o outro lado da moeda”, porque sempre haverá um outro lado (caso típico da famigerada Comissão da [meia] Verdade).
    Inobstante essa premissa, não podemos esperar desse governo que aí está há uma década, pintado de vermelho-vergonha, que seja isento de tendenciosidades, como parece ser-lhe, na realidade, seu padrão “normal”.
    Parabéns, mais uma vez, por sua aguda e certeira visão do todo, com a inafastável neutralidade que lhe é de merecimento e obrigação.
    Forte abraço.

  7. Jorge Kirchner Diz:

    Meu prezado General Bonat
    É de praxe os nossos representantes receberem puxões de orelha.
    Lulla –> “Este é o cara! [que só faz m...]” (Obama).
    Dilma –> “Quis ensinar a Angela Merkel como resolver a crise na Europa” Levou resposta bem adequada.
    Nosso gigante dorme. É burro e preguiçoso. Que vergonha.
    Enquanto uns lutam para o bem, outros empregam todas as forças para destruir aquilo que ainda nem foi feito.
    Somos um país em desenvolvimento? Desde quando? Acho que desde sempre. Sempre que ouço esta [in]verdade, coloco os nossos desenvolvimentos na balança e vejo que produzimos e exportamos soja [bruta], minério [bruto] e outras brutalidades.
    Para importarmos 100 gramas de tecnologia, devemos exportar 1 tonelada de produtos em estado bruto. Investimos na mão-de-obra externa. Haja banana para pagar tanto serviço.
    Este é um país que vai prá frente.
    Alguém pode me dizer pra que lado é a frente?

  8. Rezende Diz:

    Parabéns general Bonat pela lucidez e importantes informações de conhecimento sobre a problemática do convívio internacional;
    Sabemos que desde que o mundo é mundo, sempre existiu, e existirá esses arapongas(espionagem), desde a época do Egito antigo!
    Hoje, as vivandeiras querem passar uma ideia que descobriram o mundo hoje..!
    Continue general, escrevendo brilhantes artigos que só nos enriquece de conhecimento e informações fidedigna!
    Um fraterno abraço,

    Rezende.

  9. Paulo Meyer Diz:

    Prezado Gen Bonat… percebe-se que já a muito tempo, praticam devassas em nossa intimidade, digamos, em todos os aspectos… relevo as palavras do digno leitor Jorge Kirchner, e respondo: a frente que queremos ver, tem um leme que ainda não está em nossas mãos, infelizmente. abçs Paulo Meyer

  10. GONZAGA Diz:

    BONAT

    SERÁ QUE ESSE PESSOAL ACHA MESMO QUE A ESPIONAGEM VAI ACABAR ? EM QUE MUNDO VIVEM ???

    ABRAÇO !

  11. Félix Maier Diz:

    Prezado General Bonat,
    Parabéns pelo enfoque da crônica.
    A espionagem é feita por todos os países, inclusive pelo Brasil. Foi assim que nosso País avançou em assuntos estratégicos, como o enriquecimento de urânio e a construção de foguetes aeroespaciais. Neste ano, um novo foguete deverá ser lançado em Alcântara, MA. Espero que seja feto com sucesso.
    A regra número um do espião é não ser pego em ação. A número dois é não abrir o bico, como fez o general de Defesa Cibernética, dizendo que seu órgão estava monitorando os Black Blocs com um programa fabricado em Florianópolis. Mostrar conhecimento – eis aí um pecado mortal da vaidade humana, especialmente para o “soldado do silêncio”.
    Antes de mais nada, a obrigação do governo brasileiro é proteger suas comunicações contra a espionagem, seja interna, seja externa. No caso de telefone ou e-mails, deve ser utilizado um sistema criptográfico seguro, fabricado no Brasil. Deveria haver uma intranet própria do Governo, interligando os Três Poderes e os Ministérios, sem conexão com a Internet, para tratar de assuntos administrativos.
    Mesmo utilizando um sistema seguro, as comunicações ficam vulneráveis. Afinal, a criptografia existe para ser quebrada. Será que Dona Dilma já ouviu falar em contrainteligência e contraespionagem?
    Atenciosamente,
    Félix Maier

  12. bonat Diz:

    Ao amigo Bonat
    Parabéns, atual e irrefutável. Não há como fugir da realidade, o importante é investir na educação, mas o resultado não vem a curto prazo.
    Um abraço
    Renato

  13. bonat Diz:

    CARO AMIGO GENERAL BONAT.
    MAIS UMA VEZ O SENHOR EM SUAS CRITICAS SÁBIAS DEMONSTRA TODO SEU CONHECIMENTO INTERNO E EXTERNO DESTE MUNDO EM QUE VIVEMOS. UM PAIS EM QUE SEUS ATUAIS GOVERNANTES NÃO SABEM O QUE MORAL E CIVICA OU PELOS CIDADANIA O QUE VEMOS NO DIA A DIA DAS BADERNAS NAS GRANDES CAPITAIS. VAMOS NOS PREOCUPAR COM ESPIONAGEN SE NÃO TEMOS COMPETENCIA. DE LIBERDADE PARA NOSSOS MILITARES AI SIM VAMOS TER PESSOAS CAPACITADAS PARA PODERMOS TER TECNOLOGIA AVANÇADA;
    ABRAÇO
    ZE

  14. bonat Diz:

    General Bonat,
    Parabéns pelo artigo.
    Abraços, Assis

  15. bonat Diz:

    Caro Bonat,
    muito bom artigo. Quanto a isto, nenhuma surpresa…
    Agora, comentários também excelentes, em particular a tentativa do desvio do foco principal.
    Isto, ajudado pela Rede Globo…
    Forte abraço, Marco

  16. bonat Diz:

    Caro amigo Gen Bonat.
    Como sabemos, a espionagem sempre existiu e, sempre existirá. Os americanos mostraram que não são tão perfeitos, ou, será que deixaram escapar essa onda para provocar um certo agito ? Cumprimento pelo excelente artigo e, forte abraço do Zartão.

  17. Afonso Pires Faria Diz:

    A melhor de todas. Não querendo desfazer as suas crônicas anteriores, nem as posteriores, mas acredito que tenha que se esforçar muito para fazer um texto tão brilhante como este. Com tantas informações, inclusive inéditas e de cunho exclusivo. Parabéns general.
    Afonso Pires Faria – Caxias do Sul-RS

  18. gladys Lessa Diz:

    Caro General,

    Parabens pela sua cronica! Esclarecedora e muito verdadeira.
    Abracos

  19. Robert Henriques Diz:

    Caro amigo Bonat,
    Perfeito o seu artigo. Prepare-se que breve, possivelmente terá que comentar os “pitacos”, de nossos entendidos em política externa em relação a Síria,
    Abrços
    Robert

  20. Pinto França Diz:

    Grande Bonat.
    Muito bom seu artigo.
    Abs.
    Pinto França

  21. bonat Diz:

    Caro amigo.
    Essa arapongagem, cá entre nós,…. esta mais para a “desculpa”,…. da COMPRA do satélite Estacionário Brasileiro mas com Tecno USA-France.
    Forte abraço
    Márcio

  22. Helio Hertt Grande Diz:

    Caro Gen Bonat:
    O despreparo de nossa “Presidenta” é de tal ordem que ela nem mesmo se dá conta do atestado de incompetência que passa ao se manifestar publicamente surpresa e injuriada com a arapongagem americana. Ora, pois, pois… Um abraço. Hertt.

  23. Amilton Cesar Marinho Dias Diz:

    Boa tarde General.
    Parabéns pela colocação objetiva , realista e na contramão daquilo que tenho ouvida na mídia brasileira. Este realmente é o cerne da questão , sem educação de qualidade não há tecnologia, e sem tecnologia , principalmente nos dia de hoje, não se vai a lugar algum.
    Forte abraço.
    Amilton

  24. Gabriel Cruz Pires Ribeiro Diz:

    Bonat,
    Vou completar o comentário feito acima, a respeito do nosso Leão,que está mais para ratinho. Estou muito preocupado é se a resposta que o Obama prometeu dar para a Dilma, nesta quarta-feira, for: “Sim, nosso Serviço de inteligência acompanha todos os passos de seu DEsgoverno, E DAÍ?
    Abs.
    Gabriel (029)

  25. Brugalli Diz:

    Caro amigo. Temer a potência presidida pelo cocalero Morales é preponderante. Já nos afanaram uma refinaria e nos impingiram o preço que quiseram pelo gás que nos fornecem. Já curvamos a coluna e, quanto mais ela se abaixa, mais o traseiro aparece e o traseiro é internacionalmente conhecido como o local de palmadas. Acho que esta foi a razão do “silêncio obsequioso” de nossa frouxa diplomacia. Quem não bisbilhota quem entre as nações do mundo? Saber é poder. Não é assim que a PF, com apoio (ou não) do judiciário, coloca o nariz em contas bancárias e telefônicas? Não é através deste procedimento que ela “prende e arrebenta?”. Logo, procedimentos de espionagem sempre serão uma pulga na orelha dos que tem(ou não) culpa em cartório. Longa vida, meu amigo, pensamento afiado e caneta em punho. Um abraço do Brugalli.

  26. Gabriel Gondim Diz:

    Prezado Chefe
    Ainda me falta o gabarito pertinente para comentar um artigo seu. Porém, em face da “American Arapongging”, para eles tão simples e corriqueira, acho que devo dizer algo!!!!!
    Meu velho, já há tempos falecido, brilhante oficial de Estado-Maior, sempre disse: governo que tem “sistema”, governa.
    Por óbvio entendo que o “governo” daqui, na esteira dos atos de um pobre imbecil (não tão imbecil assim, pois que a meu ver ganhou uma belo monte de verdinhas) e de uma “bicha”, está nitidamente se aproveitando da situação para bancar o indignado.
    Balela. Sempre o fizeram, sempre o farão.
    Os Britânicos são muito mais intolerantes em relação a nós que os americanos, haja vista Ronald Beags, marinheiro inglês assassinado na praça Mauá, Malvinas etc.
    No recente encontro do G20 em Moscow, a idiota da Dilma, só para dar uma de mafruda, caiu na besteira de perguntar aos ingleses se eles confirmavam que EUA, Grã-Bretanha, Austrália e Nova Zelândia compartilhavam arapongagem; resposta diplomática: No comments…
    Pois é, prezado Chefe, nós precisamos ainda de algumas centenas de anos para evoluirmos sócioculturalmente.
    Abraço fraterno.
    Gondim.

  27. EDMAR LUIZ KRISTOCHIK Diz:

    Em tecnologia a segurança nacional está na idade da pedra (a espionagem através de satélites é a maior inovação do momento), em caso de um litígio com uma nação fortemente armada (EUA, Inglaterra etc.), seríamos, simplesmente, massacrados. Não adianta espernear, o negócio é entrar na dança (buscar esse avanço tecnológico).O governo petista perdeu-se no tempo, recebeu uma economia equilibrada fruto das medidas tomadas nos governos anteriores, conseguiu desestabilizá-la e não fez absolutamente nada (os gastos com segurança foram sempre considerados pouco importantes). Será preciso varrê-los do poder e gastar uma legislatura para recolocar o Brasil nos eixos. Esses incidentes com o Evo Morales demonstram que a presidente, bom como o antecessor dela, não valorizam a nossa soberania.

  28. Vicror José Freire Diz:

    Caro amigo Gen Bonat.
    Mais uma vez, tenho a grande satisfação, de ler e aprender em um de seus brilhantes artigos. Melhor ainda, absorvendo opiniões, que, sem dúvida, materializam aquilo que pensamos e que acreditamos estar acontecendo na conjuntura nacional.
    Que moral tem nosso governo ao falar de terrorismo e espionagem? Que fizeram no passado? Deveriam dar um passeio pelas avenidas e ruas da nossa Capital Maravilhosa…Acabei de fazê-lo,hoje, após almoço no centro do Rio de Janeiro.
    Como fiquei triste! Uma parte das principais lojas, bancos,
    enfin, do nosso comércio, esta se “enjaulando”. No lugar de vitrines vemos tapumes e mais proteções para impedir as
    depredações causadas,geralmente, no final das manifestações
    que dizem ser populares! Afinal quem será o culpado por este desconforto nacional? Como está a corrupção no País?
    A saúde? Os transportes de massa? De cargas? A educação em
    nosso Brasil? A nossa segurança? Nas ruas? Em casa? Que tal?
    E o nosso 7 de setembro? Ao que parece, querendo ser “interrompido” em vàrias capitais por manifestações completamente sem sentido para a ocasião! E quais são as respostas dos nossos governantes?. Meu cordial abraço e parabéns pela aula.VJFreire.

  29. Nina M. M. Carpentieri Diz:

    Muito barulho, só para desviar o foco de tudo que acontece por aqui… Faz de conta que não imaginavam esta espiadela dos EEUU… Serão ingênuos? Lógico que não! Foi providencial este assunto vir a baila, logo neste momento dificil. Abraço á todos, primo.

  30. bonat Diz:

    BONAT
    GOSTEI DE SUA CRONICA SOBRE A ESPIONAGEM AMERICANA EM DILMA, PETROBRÁS, ETC.
    E AO INVES DE DILMA EXIGIR DESCULPAS FORMAIS. CAIU NO COLO DO OBAMINHA, COMO PERDOOU O EVO E SUA INVASÃO AO AVIÃO BRASILEIRO.
    CONTINUE.
    NA SEXTA TEM LANÇAMENTOS DE LIVROS DA ACADEMIA NO TRIBUNAL, MAS VC FALOU QUE ESTARÁ EM BRASILIA.
    NO RETORNO CONTAREI COMO FICOU O MEU PROTOCOLO. TORÇA PELA AMIGA!!!!!
    ABS. ANA

  31. Betty Diz:

    Muito bem colocado o assunto,como sempre.
    Um grave problema estes relacionamentos do P.T.
    Abraços

  32. bonat Diz:

    Prezados amigos, e prezado general Hamilton Bonat;
    Em que consiste, exatamente, a arapongagem digital americana no Brasil?
    Estou interessado no assunto eis que, como diplomata durante 43 anos de carreira, sendo que sete vezes como embaixador (na Nigéria, Israel, Chipre, Quito, Oslo, Islândia e Varsóvia), sempre imaginei que uma das funções de um Ministro ou Embaixador brasileiro no Exterior, acompanhado de seus Secretários e Adidos, inclusive de seus Adidos militares, é transmitir ao governo brasileiro, por intermédio do Itamaraty, todas as informações que possa obter sobre o país junto ao qual está aceditado. A informação, assim como a representação e a negociação, é uma das três importantes tarefas de qualquer diplomata. Por esse motivo, não consigo entender todo o escarcéu que está ocorrendo a propósito de uma alegada “espionagem” americana no Brasil. Os americanos estão “espionando” o que? Na verdade, temos algo tão digno de ser tão aciduamente espionado por espiões?
    E, por falar em sistema criptográfico seguro. Na minha época a máquima Crypto era, por uma quantidade de países, inclusive países importantes como a Grá-Bretanha, livremente adquirida numa cidade suiça, Zug. A máquina foi inventada pelos poloneses, imediatamente antes de serem invadidos pelos nazistas, em setembro 1939. Ela serve de base para a instalação de mecanismos de criptografia avançada. Em 1939, os americanos estavam tão bem informados sobre a iminência de um ataque japonês que, em Pearl Harbor, deixaram apenas velhos encouraçados, de tipo já ultrapassado, para servir de “isca” ao adversário e assim permitir aos USA entrar na Guerra Mundial convencendo a seu proprio povo da inevitabilidade do conflito. Os americanos também sabiam tão bem o que se estava passando que conseguiram localizar e antecipar uma viagem aérea do almirante Yamamotõ e derrubar seu avião. Yamamoto era o comandante da Marinha japonesa.
    Em meu livro de Memórias, a sair proximamente, explico longamente esses problemas elementares da criptografia.
    Um abraço cordial de seu
    J. O. M. P.

  33. renato balen Diz:

    Realmente,o caro general está muito certo! Confesso que na minha juventude fui contra o governo militar, mas como a lei era outra sempre me mantive dentro da mesma. Que saudades daquela época, havia lei e ordem, podiamos andar nas ruas tanto de dia como de noite sem medo algum. Hoje estamos prisioneiros dentro de nossas próprias casas. A tal da Comissaõ da Verdade foi criada para condenar militares enquanto a guerrilheira Dilma, José Dirceu e outros que explodiram aeroportos matando muita genta, assaltando bancos, sequestrando autoridades não se ouve nada a respeito. Querem condenar quem mantinha a ordem e que se esqueçam os verdadeiros bandidos que montaram um esquema para se perpetuar no poder, enriquecer de maneira duvidosa e se promover como se fossem a salvação da pátria. Garantem sua permanencia no governo em troca de benesses como bolsa familia (50 milhões delas garantem 100 milhões de votos)- ao invés de ensinar a pescar dão o peixe , servido à francesa. A primeira lei de nossa constituição foi pisada (todos são iguais perante a lei) pelo jeito uns são mais iguais que os outros. Tem privilégios quem for gay, preto, índio, etc… Tiram da terra quem está produzindo para demarcar reservas indígenas imensas para meia dúzia de índios que nada irão produzir, deste modo ONGS internacionais com objetivos excusos dão assistência aos mesmos enquanto exploram as riquezas de nosso país. VERGONHA!!!

  34. João Henrique Diz:

    Amigo Bonat, parabéns pela excelente abordagem da arapongagem. Todos os povos em todos os tempos, sabem muito bem da imperiosa necessidade da obtenção da informação em todo o mundo e, ao mesmo tempo, de saber proteger com eficiência a sua própria informação. Sabem também que essas atividades, para terem sucesso, requerem disponibilidade de recursos financeiros, de tecnologia e de pessoal capacitado. Há um consenso de que a prática dessa atividade é considerada como algo normal. A opção do nosso governo, nesse campo, tem sido o blá-blá-blá sistemático, tal qual ao das lavadeiras de roupa de beira do rio, cujos resultados todos sabemos quais são. Sua reflexão traz à tona o descaso com que esse assunto é tratado pelo nosso atual governo, não por falta de recursos financeiros que são esbanjados cotidianamente em gastos absurdos com publicidade, com mordomias indecentes nos poderes, com a compra de mentes e votos, com a pesada ajuda a povos alienígenas e com os grandes projetos sabidamente incapazes de serem concluídos, muitas vezes desnecessários e inúteis. Precisamos deixar de ser o grande bobo da América Latina, o quanto antes.

  35. Alexandre Moroso de Lima Diz:

    Estimado General Bonat.
    Ótimo texto. Faz tempo que venho pensando e comentando com amigos exatamente o que aqui o amigo redatou. O Brasil precisa colocar um B maiúsculo na frente do seu nome também quando se trata de políticas e relações internacionáis. Lamentávelmente acredito que as definições de tais posicionamentos estejam mais na caneta de políticos que não tem preparo nem para a política interna, que dirá para defender a soberania nacional. Não conheço as internas do exército e nem dos homens de carreira e técnicos do Itamaraty, mas acredito que por seus conhecimentos e ofícios deveriam ter um peso muito maior nas decisões políticas que o Brasil toma a respeito de tais assuntos. No final de tudo, o que vemos é um total despreparo do governo que se manifesta com contradição e expõe ao povo um mar fragilidades.

  36. Paulo Cesar de Castro Diz:

    Prezado amigo, Bonat,
    Em sua mensagem você disse:”espero que gostem”. Pois, eu gostei e muito. Seu artigo foi “um tiro no dez!”
    Parabéns e forte abraço,
    Ten Castro

  37. Nestor Jesus de Sant'Anna Diz:

    Caríssimo Amigo General Bonat.
    Um RUGIDO à altura da Grandeza e Honorabilidade de V.Excia. Isso nos dá esperenças de ver a ordem voltar a sobrepor-se à anarquia/delinquência gerais, perpetradas sob a inspiração exótica e sinistra do tal gramscianismo, por toda sorte de ex-terroristas.
    O Brasil descobrirá o antídoto e combaterá legalmente esses cânceres que lhe infestam terrivelmente o tecido social,aberta e destemidamente; assim como o patriota Oscar Schmidt combateu e venceu o seu. O Brasil tem cura !!!
    Essa “conversa mole” de espionagem é aquela “VELHA E MANJADA” cortina de fumaça sobre TODOS os escândalos desse governo, sendo o último o Rosegate. Enquanto isso o supremo já está a conseguir sepultar a condenação dos mensaleiros, aceitando o tal de embargos infringentes. Bastará a seleção de futebol ratificar a conquista da copa de 2014(já ganhou, todos sabemos)que a “BOLA ESTARÁ NA REDE”(releição da dilma). Mas nós, os patriotas, estaremos de todos os bastiões democratas do Brasil a defender a nossa querida pátria. Brasil acima de todos “elles”…

  38. ROSELENE FERREIRA Diz:

    ÓTIMA TUA COLOCAÇÃO,BONAT. PERFEITO O ENFOQUE.
    É UMA DELÍCIA LER O QUE ESCREVES.
    GRANDE ABRAÇO,CHEIO DE SAUDADE.
    ROSELENE.

  39. Réges F. M. Da Cunha Diz:

    Prezado Gen. Hamilton !
    Além dessa nova belíssima Crônica …, Os comentários dos seus Leitores, dizem tudo sobre nosso País. A Sra. Dilma , esta nos levando para uma nova ” Venezuela “. O povo esta atras de uma cortina de pobreza e não enxerga a mazelas e enganações desse governo. Não temos saúde, educação , segurança, estradas , ciência , e por aí vai, mas ….. Temos a Bolsa Família
    Precisamos de mais alguma coisa….??????
    Fraternal Abraço
    Reges F. M. Da Cunha
    Blumenau-SC

  40. Joaquim Cardoso da Silveira Filho Diz:

    Prezado Hamilton,

    Ótimo texto, como costumeiro.
    Cá entre nós, e contrariando os contrários (boa, esta), o protesto brasileiro soa meio (ou por inteiro) ridículo. Como tem sido repetido, espionagem existiu sempre e continuará assim.Ela existe também no plano das grandes empresas. Lembro-me do caso do marido que foi reclamar ao vizinho, alegando que este espionava sua esposa trocando de roupa. E o vizinho limitou-se a recomendar que ele fechasse a cortina do quarto.
    É o que o Brasil precisa: fechar a cortina.
    Forte abraço,
    Joaquim

  41. ENRICO C.MAGGI Diz:

    Amigo Bonat. Parabéns. Crônica atual e consistente.Somos um joguete para países de respeito.Disse Charles De Gaulle:”O Brasil não é um país sério”.-Sabe-se que a incompetência e corrupção estão presentes. Poucos sabem que: 98% do Nióbio do mundo está Neste país; e está sendo exportado(a preço de bananas)para Cingapura, Amsterdam e Pittsburgh(USA) por ingleses, para fazer turbina de aeronaves, satélites
    “explorer”,implementos eletrônicos de alta resolução,na informática de ponta,etc. Tudo é fruto da “omissão”ou da anuência de Congressistas.Sem educação e sem tecnologia, não se pode estabelecer uma “Infraestrutura Crítica”para efetiva segurança e defesa da nossa Soberania.Leis são aperfeiçoadas(recursos) para beneficiar facínoras, que só incentivam o crime; podendo chegar a comprometer a Democracia,pelo robustecimento do sic “estado de direito dos bandidos”.O desgoverno está estampado no”grito das ruas”. É bom que sejamos espionados, pois só assim LULA/DILMA se sentirão descobertos, na intenção de infiltrar “tentáculos petistas”,nos cargos de chefia dos Órgãos Públicos.Um forte abraço do Maggi. PS:”Que Deus nos aponte o melhor caminho a seguir”.”Se os valentes não combatem os covardes vencerão”.

  42. Diva Diz:

    Eu acho que cada país se defende como pode…depois do que eles foram vítimas, tem que se cuidar…e acredito que nosso governo deve ter seu sistema de arapongagem também…talvez precário…Aliás , mesmo antes das torres gêmeas, os EUA, tiveram sistemas de informação, muito meticulosos…A época da Guerra Fria…A Internet facilitou muito, este trabalho…Muito lúcida sua crônica…abs.

Deixe um Comentário