Formatura do Faz de Conta

Um dia, quando os jardins de infância ainda não se denominavam escolas infantis, Milton Karam teve uma rara inspiração e compôs um hino que começa assim: “Faz de Conta, que o mundo cabe todo num jardim/ Faz de Conta, que o tempo é o mais lindo mandarim/ Faz de Conta, que a vida não tem começo nem fim”.

Pois hoje, Guilherme e Rafael, de beca e tudo, estão colando grau no Faz de Conta, nome que poderia nos remeter à situação atual do ensino no Brasil, onde se finge que ensina e se brinca que se aprende. Mas, ao contrário do que o nome possa sugerir, o “Faz”, como é carinhosamente chamado, é uma escola onde realmente se ensina e aprende, logicamente, de acordo com a faixa etária do “corpo discente”, que varia dos dois aos seis anos.

Como todo avô, sinto-me orgulhoso em ver os netos, praticamente alfabetizados, receberem o seu primeiro diploma. Ao mesmo tempo, sei que sentirão falta do local onde foram acolhidos, orientados, motivados e preparados para seguirem o seu caminho, agora em outra escola.

Durante cinco anos, imaginando que estavam brincando, eles aprenderam. Formaram alicerces morais e éticos, valores que os acompanharão ao longo da vida. Sentirão saudade de um espaço físico cuidadosamente mantido, acolhedor e das dedicadas “tias” que, fingindo que estavam brincando, lhes transmitiram muito ensinamento.

Recorro novamente a Milton Karam: ” … é o desejo /Que toda criança/Nunca se cansa de ter/É a vontade/Que nessa idade/A gente pare de crescer”.

Isso faz com que nós, os avós, retornemos a um passado que já vai distante, para relembrar da nossa inesquecível e saudosa primeira professora. Como lembrou o autor do hino, “como seria bom se, naquela idade, a gente tivesse parado de crescer”.

Claro, todos sabem ser impossível, pois o tempo continua sua marcha implacável em direção ao futuro. Por termos acompanhado o crescimento dos netos nessa sua primeira escola, estamos confiantes de que eles continuarão a crescer, sob todos os significados que esse verbo possa abranger.

Só nos resta agradecer à Professora Margaret Mehl Müller e a sua dedicada e competente equipe, que cuidam com tanto carinho do Faz de Conta e do que ele tem de mais valioso: os seus alunos, filhos dos nossos filhos, que são nossa imagem aprimorada, refletida num espelho. Por isso, e por me julgar, pela idade, no direito de ser repetitivo, volto ao Milton Karam: “Faz de Conta, que o mundo é um espelho de marfim/Faz de Conta, que o tempo saltou de um trampolim…”.

Durante a bela festa de final de ano que assistimos, emocionados ao ver nossos netos recebendo o “canudo”, por alguns momentos, saltamos de um trampolim e mergulhamos profundamente em nossa primeira sala de aula.

Pena termos tido que voltar ao presente. Mas quando o fizemos, vimos nossa imagem, rejuvenescida e aprimorada, com sua alegria, sua beca e o diploma, que não é de faz de conta. Nem ele, nem o futuro dessa gurizada, para quem a equipe do “Faz” construiu um firme e profundo alicerce, para ela não parar de crescer.

Que o Faz de Conta, assim como nossos netos, nunca pare de crescer!

Por fim, quero deixar o meu mais forte abraço a todos os avós, em especial à “Vó Hilma”, a eterna avó do Faz De Conta.

10 Respostas para “Formatura do Faz de Conta”

  1. Ze Luiz Diz:

    Nossa,
    Ja se passaram quase duas décadas que passei por essa emoção com meus filhos.e estão registradas em fitas vhs (alguém se lembra?).

  2. Daía Diz:

    Meus parabéns aos vovós e aos formandos ao escalar este primeiro degrau de uma longa escada!!!

  3. Antonio Dias Diz:

    Hamilton, alem de Pai, Avo, marido e cunhado Voce e o CARA, barabens e um grande abracos de todos os Avos

    Antonio Dias

  4. Josiane Bonat Diz:

    Hamilton,coincidentemente ontem estivemos numa festa de encerramento da netinha do Sérgio Nery e foi maravilhoso relembrar nossos momentos de ” brincadeiras , fantasias e o delicioso faz de conta”. Recorro também a Milton Karam que foi citado ontem no poema ( Jacaré do Parque Barigui),parabéns aos netinhos e aos avós. Abraço Josiane e Sérgio Nery Bonat

  5. Roseluz Schier Diz:

    Oi primo, lindo e verdadeiro! Realmente passa um filminho do tempo de pré escola. Também senti esta emoção, pois a Ana Julia, FORMOU-SE na quarta feira. Primeira etapa vencida!
    Que venham outras e que possamos também compartilhá-las juntos.

    Parabéns! Adorei!

  6. Yonder Diz:

    Parabéns a familia por esta importante conquista.
    Os dois irão deixar saudades no Faz de Conta.

    Abs
    Yonder

  7. marlus coelho Diz:

    Caríssimo Hamilton:
    Quero cumprimentá-lo pela msg tão maravilhosa,inteligente,
    emocionante que nos tocou muito, acredito todos os pais e avós presentes à formatura, pois vc disse tudo o que pensamos, sentimos e desejamos.
    Nesses dias que todos estão tão ocupados, vc achou um tempo para nos brindar e alegrar com sualinda mensagem!
    Parabéns!!!

  8. Brugalli Diz:

    Este primeiro canudo não é o de presidente da república. No Faz de Contas eles aprenderem a ver o que se passa ao redor, adquiriram lições de ética e jamais, mas jamais mesmo, dirão que “não sabiam”, que “não ficaram surpresos” serão os homens que redigirão leis para reger os homens e estarão longe daqueles homens que querem reger as leis. Este primeiro passo os levará a uma longa e exitosa caminhada. Parabéns ao vovô e à vovó. Estarei vibrando com meu segundo neto que receberá o diploma de bacharel em ciências da computação, tal como o foi com a neta diplomada em ciências contáveis. São estes momentos que engrandecem nossas vidas, sublimam nossos achaques.
    Um abraço do Brugalli.

  9. Nina maria Marach Carpentieri Diz:

    Parabéns pelos netinhos, Hamilton! É uma fase muito emocionante, continuação da vida…
    Abraços!

  10. Carlos Gama Diz:

    Meu caro Bonat

    Parabéns pela família, por essas novas emoções e por todas as que ainda estão por vir.
    Sei o quanto elas valem! Senti-o novamente ontem, na formatura do neto mais velho (aqui por Ribeirão Preto), terminando o ginásio (do nosso tempo).
    Fraterno abraço!

Deixe um Comentário