A cólera das legiões baianas

Jacques Wagner ignorou a insatisfação dos policiais baianos. Preferiu ir a Cuba, onde nosso governo presentearia a ditadura dos irmãos Castro com alguns milhões de dólares. Dizem que um pouco mais do valor doado (ninguém acredita que Cuba irá pagar) cobriria os gastos do governo federal, caso a PEC 300, aquela que iguala os vencimentos de todas as PM à do Distrito Federal, fosse aprovada.

Baiano é festeiro. Pelo menos são as imagens que nos vendem. Nelas, enquanto milhares se divertem atrás do trio elétrico, alguns trabalham. Entre eles, policiais, tentando fazer o que podem num mar de pessoas, muitas movidas a álcool e droga. Na verdade, simulam representar papel de bobo, pois sabem que nosso governo deu dinheiro para que a Bolívia construísse a transcocaleira, rodovia que facilita o escoamento de sua produção para o mercado brasileiro.

Mas a insatisfação não se restringe à Bahia. Há risco de alastrar-se, embora a constituição proíba, com razão, aos militares fazerem greve. Talvez esteja aí o motivo de serem, quase sempre, deixados à margem pelos detentores do poder.

Num país onde tanto se fala em diminuir as injustiças e as disparidades sociais e regionais, o governo é o primeiro a dar mau exemplo. Basta comparar as abissais diferenças entre as remunerações no judiciário e no legislativo em relação ao executivo. E, neste último, os militares estão no fim da fila.

A situação em Salvador é preocupante e, ao mesmo tempo, bizarra. Policiais Militares, que ocupam a Assembléia Legislativa, têm vencimentos superiores aos dos militares federais que os cercam. O que se pode esperar? Na hipótese mais otimista, que se chegue a um acordo e cesse o movimento. Noutra, que as tropas federais recebam ordem para desocupar o prédio e haja mais confronto e vítimas. E, numa terceira e mais grave: que amotinados e tropas federais se unam em protesto contra o fato de serem permanentemente tratados como servidores de segunda categoria.

No início dos anos noventa, o Chefe do Estado-Maior do Exército usou, como alerta, estas palavras de um legionário romano: “Não hesitamos em derramar o imposto de sangue, em sacrificar nossa juventude. Enquanto aqui este estado de espírito nos anima, dizem que em Roma muitos cedem com facilidade às piores tentações. Não posso acreditar que tudo isso seja verdade. Se for, se tivermos que deixar em vão os nossos ossos embranquecidos sobre a areia do deserto, então, cuidado com a cólera das legiões.”

Elas expressavam a indignação de todos os brasileiros em relação ao escândalo dos anões do orçamento, deputados que montaram um esquema fraudulento para receber propinas.

Gerou um frisson. Políticos, na ânsia corporativa de garantir seus privilégios, apressaram-se em defender seus colegas. Parte da imprensa deturpou o sentido da mensagem: o que era um conselho foi interpretado como ameaça à democracia.

Provavelmente não tenham se dado conta à época, mas ali estavam os ingredientes – armas e insatisfação – desse verdadeiro angu à baiana, infelizmente perigoso, porque tem gente que aprecia.

43 Respostas para “A cólera das legiões baianas”

  1. Jeová Diz:

    Caro amigo Bonat
    Você realmente falou uma pura e cristalina verdade. O Cmt da tropa do EB recebeu até um bolo de aniversário e, aceitou.
    que bonito!

  2. oliveira costa(Cav) Diz:

    Bonat,muito feliz e exata sua colocação.Forte abraço.

  3. Brugalli Diz:

    Peço a Deus que não permita que o circo pegue fogo. Os que estão no poder(PT) são especialistas no “quanto pior, melhor”, desde que o meu (o deles, é claro), esteja preservado. Enquanto um ascensorista do Senado ou da Câmara receber, como recebe, um salário maior que um piloto da Aeronáutica que tem nas mãos uma aeronave de milhões de dólares, jamais teremos a bendita e sacrossanta isonomia. Se, nas ditas forças auxiliares(polícias militares) a remuneração também for superior à das forças armadas, como de fato é, o risco apontado na crônica de “uma mão lava a outra”, lá estará o circo incendiado.Praza a Deus o rastilho não nasça na Baia de Todos os Santos, onde o Brasil nasceu.Por favor, digam Amém.
    Meu afetuoso abraço.
    Brugalli.

  4. Salazar Diz:

    Faz-se mister medidas imediatas de Comandos para que se evite o “efeito dominó”; Cmdos duvidoso devem ser substituidos, desde já, etc. Quem tem experiência do que houve no passado, evita no presente e preserva um futuro.
    No mais estou contigo meu caro BONAT.
    Abraços
    Salazar.

  5. Paulo Chagas Diz:

    Caro Hamilton
    Parabéns pela oportunidade do artigo. O PT e seus líderes, aí incluído com destaque o atual governador da Bahia, que têm sido, ao longo da sua história, os grandes incentivadores da desobediência, da desordem e da desconstrução das convenções de convivência e respeito social, provam, agora, do próprio veneno! Não sou adepto do quanto pior melhor, mas, neste caso, torço para que a situação se agrave para além dos limites do diálogo e da tolerância, estimulados pelo Gen G. Dias, e para que os Chefes Militares não se deixem iludir pela falsidade do discurso de quem nunca esteve do lado da lei e da ordem e obriguem os hipócritas a assumir toda a responsabilidade pelas consequências da demagogia, caso contrário serão, mais uma vez, vítimas da irresponsabilidade, das contradições e da farsa dos corruPTos.
    Grande abraço.
    PChagas

  6. Higino Diz:

    Bonat…
    Parabéns pela lucidez…
    Concordo que poderá haver contaminação da tropa federal…
    Até quando apenas a liderança dos oficiais serão suficientes para que não haja a mistura do joio e do trigo.

  7. roselene ferreira Diz:

    MEU AMIGO,
    COMO SEI QUE TU SABES DAS COISAS EU FICO COM MEDO…..
    BJS DA
    ROSELENE

  8. Roberto Diz:

    É General… o bolo foi com a vela apagada…. agora, só nos resta ver se a festa vai terminar com acarajé…. servido “quente ou frio” !

  9. Gustavo Rocha da Silva Diz:

    Prezado General Bonat:

    Uma descrição exata de um problema que não é só da Bahia mas de todo o Brasil, vazada na linguagem educada e comedida que o caracteriza. Enquanto lia sua crônica fiquei a pensar como eu comentaria os acontecimentos de Salvador e acabei por desistir: não da crônica que lia, mas do que me imaginava a escrever, por me faltarem obscenidades. Parabéns pelo conteúdo e pela forma!

  10. Juan Koffler Diz:

    Caro amigo Bonat:
    Primeiro que tudo, muito boa sua construção do tema (o imbróglio da segurança baiana), inteligente e perspicaz. Mas, se me permite (com todo respeito), o ponto alto fica por conta da menção às palavras (emblemáticas) do legionário romano, cujo teor intrínseco é um nada velado vaticínio do que pode ocorrer quando se desrespeitam as forças de segurança de uma nação. E é isto que está ocorrendo, não é de hoje, com nossa nação.
    Qualquer indivíduo “metido a intelectualoide” e armado de uma fala prolixa e um traje impecável, ganha (mais em razão desse “disfarce” do que de verdadeira capacidade cognitivo-intelectual) um quantum substancialmente maior do que qualquer componente dos corpos de segurança de um país, cujo labor é arriscar sua própria vida e a dos seus familiares. Decididamente, esse cenário nunca foi e nem será justo em nenhum sentido.
    A revolta silenciosa (no seu início) das insatisfações humanas, acumulam-se de maneira surda e persistente, até explodirem com força descomunal e quando menos se espera. E, claro, sempre há aqueles “humanoides” no meio que, aproveitando-se da confusão, apelam a estratégias nada louváveis; é o preço do descaso governamental, hoje e desde 2003, tão em voga em nosso castigado País.
    Forte e fraternal abraço.
    Juan

  11. betty Diz:

    O assunto ainda vai render. Você o colocou bem.
    Estou ouvindo no jornal da manhã, coisas novas.
    Acho que a coisa está longe de ser resolvida.
    Abraços
    Betty

  12. Jame Gonçalves Diz:

    Meu carissimo Cel. Hamilton Bonat,os irmãos Castros e sua ilha valem mais que a dignidade das famílias do Pinheirinho em S.J.dos Campos, que desde 1994 estavam com processo na justiça, e de forma covarde e criminosa – isso falando do Executivo, Legislativo e Judicário, local, Estadual e Federal (Brasília)-, e não da ordem que veio aos militares e que a foi cumprida na forma do ofício do cargo, determinaram a chocante barbárie. Com o dinheiro emprestado à título de doação, se é que existe esta modalidade, mas, vamos inventar, daria para comprar a referida áera de terra que pertence ao conhecido Naji Nahas – conhecido pelos seus crimes – mas, por ser amigo dESTA CORTE Judiciária, que deve ser imediatamente desfeita, sempre vence em suas ações, mesmo que seja para agredir de forma colossal a CF/88 – artigos 1º, II, III, IV, 6º, 227 e outros -, que defende a dignidade, a família, o social, a moradia, mas, aqueles que foram instituídos para cumprir e fazer cumprir a lei, não cumprem, e não fazem com que sejam cumpridas por seus amigos etc. Com o citado dinheiros, darai para ter acomodado as referidas famílias,e outras milhares de famílias que sobrevivem de forma sub-humana. Esse é o nosso governo, que se transformeu em VENDEDOR da coisa alheia, e não de adminstrador. E assim, continua com seus descumprimentos legais, ao não enxergar que a segurança pública insere-se no contrato social de garantia de ordem e convivência pacífica! As nossas queridas Armadas estão sendo humilhadas pelo desgoverno, e isso, não pode acontecer, não isso que os manuais de estratégias da ESG/ADESG apregoam, e não é isso que queremos para o Brasil, e para a nossa defesa. Existem os rumores de a greve ocorrer nos 27 Estados, e esse seria o caos, porque trata-se de uma greve de pessoas com conhecimentos e táticas de ataque e defesa, fato que colocaria a pipulação e fundado riscom e isso por culpa do desgoverno. Parabéns pelo exclente artigo!

  13. bonat Diz:

    Hamilton,
    A crônica está muito boa, parabéns. A questão por ela tratada, infelizmente, é um filme muitas vezes já visto e ainda não aprendido no país. Entendo que a citação das “legiões” ficou bastante apropriada no texto. Continue firme escrevendo sobre as coisas do nosso Brasil.
    Um forte abraço,
    Mario

  14. bonat Diz:

    Prezado general,
    Ótimo seu artigo.
    Parabéns.
    Precisamos de mais generais esclarecidos assim.
    Cel Jânio

  15. Gabriel Cruz Pires Ribeiro Diz:

    Bonat,
    Parabéns pela excelente e oportuna crônica.
    Se o movimento conseguir sua propagação para outros Estados, em especial no Rio de Janeiro, colocará em risco nosso famoso carnaval. Talvez, por isso, as autoridades encontrem uma rápida saída para a crise.
    Caso contrário, o movimento se alastrará também para o Ceará (cuja PM já esteve recentemente em greve), Roraima, Mato Grosso, Tocantins, Goiás, Espírito Santo, Paraná, Rio Grande do Sul e até no Distrito Federal, onde a PM tem uma justa e merecida remuneração, mas já está preocupada em manter seu padrão salarial, uma vez que o custo de vida de Brasília é um dos mais caros do país.
    O objetivo principal desse movimento é a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional 300 que estabelece um piso nacional para as Polícias e Bombeiros Militares.
    Espero que essas mesmas autoridades se lembrem das Forças Armadas, não apenas para convocá-las para apagar os “incêndios” que estão surgindo, pois caso contrário, muito em breve as chamas poderão surgir nas Tropas Federais.
    Abs.
    Gabriel (029).

  16. bonat Diz:

    Prezado amigo Bonat.
    Excelente seu artigo. É lamentável essas tais greves, mas, não deixa de ser uma forma de delatar injustiças e despertar a atenção de todos. O amigo realmente tem uma veia e inspiração própria de um grande escritor/cronista. Parabéns e, um forte abraço do Zartão.

  17. Souza Jr Diz:

    Caro Gen Bonat

    Lamentável que suas crônicas não sejam lidas pela massa dominada de brasileiros , que é a grande responsável pela colocação no poder , das pessoas que hoje o compõe.

    Esta mesma massa , que sem conhecer a realidade , nem a história , critica as Forças Armadas e ainda diz em altos brados que esta greve é uma grande demonstração de que vivemos uma democracia plena.

    Pobres iludidos , acorda Brasil !!

    Souza Jr

  18. medeiros Diz:

    Dizer que sua cronica é excelente é “pleonasmo”. General receber, em operação, bolo de aniversário…… deixa prá lá.Quem está sempre recebendo “bolo” somos nós e, com diz o meu conterraneo Chico Anisio: e o nosso salario? oh. Abs

  19. Cosendey Diz:

    Amigo Bonat,
    Tal como o meu amigo P Chagas, gostaria de ver a terceira hipótese acontecer.
    Ao PT (Desgoverno) não interessa manter a lei e a ordem.
    Apenas usar as FFAA para “varrer o lixo pra debaixo do tapete”.
    Corrupção não rima nem com Lei nem com Ordem.
    O lixo está crescendo, cheirando mal, contaminando tudo.
    Parabéns Bonat por “levantar” esta questão em sua crônica.
    Grande abraço!

  20. Paulo Cesar Diz:

    Amigo
    As considerações são perfeitas!!! Mas com o Gonçalves Dias dando até beijinho nos PM é difícil acreditar nas atuais Legiões!!!! São muito fracas para ter voz firme! Lamentável!!!!!!!!

  21. bonat Diz:

    Prezado BONAT
    Gostei . Meus parabens e continue usando essa arma poderosa que você domina com maestria.Abs Santos

  22. Mário MONTEIRO Campos Diz:

    General:
    Não gostei da crônico e já disse ao Malta que achei INOPORTUNA e PRECONCEITUOSA com a Bahia e os baianos, como sói acontecer. Me parece que o Sr.é gaucho e diz o jargão “quem tem telhado de vidro não joga pedras no alheio”.
    1) Não temos no nosso vasto cardápio ANGU À BAIANA, isto é negócio de carioca, pois morei no Rio e lá via em restaurantes de 2a.: 2) ledo engano que no Carnaval poucos trabalham e milhares brincam (nessa época são gerados centenas ou milhares de empregos e os informais catam latinhas e papelão). Assim, mais de 1 milhao brinca e centenas ou milhares trabalham pelo pão nosso de cada dia. 3) Os PM não ganham tão pouco como o Sr. imagina. Um sd PMEB ganha mais de 2.000,00 e meu filho, com nível universitário, trabalha duramente para ganhar bem menos e o IRRF me assalta mensalmente em cerca de R$2.160,00. 4) O Cmtr da PM Cel Mascarenhas, exonerado, foi para a Reserva com 35 mil (como o teto no Estado é de 27, a diferença é confiscada). Temos associados PM em uma entidade de pessoal da Reserva – GRÊMIO MARECHAL CANTUÁRIA, vários Cel PM. Um DELES GANHA 17 MIL; OUTRO (QUE FOI SD DA 1A/4ºGACosM) ganha 22 mil e por aí vai. Eu com 42 anos de serviço e proventos de Gen Bda recebo cerca de 15 mil, recebendo de todos os cursos e mais Raios X – 10 anos como TC. Escrevi mais ao malta e não me lembro de tudo. Mas, ao contrário do que se pensa, aqui se trabalha e duro. Somos festeiros por índole e nunca lutamos por separatismo e a própria PM quando era reserva do EB, lutou no Paraguai, em Canudos e na Revolução de 1932 em SP.
    O Sr. entrou para o EB, 7 anos depois de 1984 (servi com Ortiz, em Nioaque e com o Colpo, em Salvador, na 1a/4º),
    Portanto, Sr. General reveja seus fundamentos.
    A culpa de se ficar 10 dias aturando-se arruaceiros, baderneiros e terrorista se deve ao maldito PT, a começar pela Dilma VÂNIA Rousseff que como tem o seu Ministério eivado de cangaceiros de toda espécie, é possível que convoque o ex-Sd baderneiro Prisco para sua Guarda Pretoriana e que leva o Sgt Isidoro e o Cap Tadeu, deputados estaduais pelo PSB, fomentadores dessa e de outras greves, para o Ministério da Defesa.
    Saiba ainda que o Gov. Jaqwes Wagner, deputado fed. em 1991, fomentrou e apoiou a greve da PM, que criuou essas hidras e juntamente com os Dep Fed Alice Portugal, Moema Gramacho e Daniel Almeida, do PC do B; Eliel Santana, do PSC, Lídice da Mata, do PSB e Nelson Pelegrino, do PT e o atual Pres. da Petrobrás, Sérgio Gabrieli, então do Sindicato de Petroleiros e Químicos da Bahia, alugou SEIS carros para a movimentação dos terroristas paredistas.
    Passe bem.
    Monteireo – Cel Dent Ref EB – Salvador-BA

  23. ALEXANDRE FREIRE Diz:

    Parabéns pelo excelente e verdadeiro artigo!

  24. bonat Diz:

    Bonat,
    Nota dez para sua crônica.
    Recentemente revisei o livro Os Centuriões, de Jean Lartéguy, que trata da Guerra da Indochina. Talvez você o tenha lido. No início do livro, aparece o texto do legionário a que vc se referiu. Transcrevo-o a seguir:
    “Tinham-nos dito, no momento em que deixamos a terra natal, que partíamos em defesa dos direitos sagrados que nos são confe­ridos por tantos cidadãos instalados lá longe, tantos anos de pre­sença, tantos benefícios concedidos às populações que têm neces­sidade do nosso auxílio e da nossa civilização.
    Pudemos verificar que tudo isso era verdade e, visto que era verdade, não hesitamos em derramar o imposto de sangue, em sacrificar a nossa juventude, as nossas esperanças. Não lamentamos nada, mas enquanto aqui este estado de espírito nos anima, dizem-me que em Roma se sucedem as intrigas e as conspirações, se desenvolve a traição e que muitos, hesitantes, perturbados, cedem com facilidade às piores tentações do abandono e aviltam a nossa nação.
    Não posso acreditar que tudo isso seja verdade e, no entanto, guerras recentes mostraram até que ponto podia ser pernicioso um tal estado de alma e ao que ele podia levar.
    Suplico-te, tranquiliza-me o mais breve possível e diz-me que os nossos concidadãos nos compreendem, nos defendem, nos prote­gem como nós próprios protegemos a grandeza do Império.
    Se tudo fosse diferente, se tivéssemos de deixar em vão os nossos ossos embranquecidos sobre as pistas do deserto, então, cuidado com a cólera das Legiões!”
    MARCUS FLAVINIUS

    Centurião da 2a Corte da Legião Augusta a seu primo Tertullus em Roma

    Um forte abraço
    Omar

  25. bonat Diz:

    Muito bom, General!
    Pura verdade.
    Infelizmente.
    Ênio

  26. bonat Diz:

    Bonat
    baiano furioso é arrestado.
    Parabéns mais uma vez
    Ademar

  27. bonat Diz:

    Laura Vaz Comment
    Caro general: A sua terceira hipótese passou-me pela cabeça… Tomara as coisas se resolvam da melhor maneira possível. Abraço, Laura

  28. Mario Gardano Diz:

    Caro Bonat, as injustiças campeiam em nosso pais de norte a sul de leste a oeste, e os nossos governantes dançam conforme a musica, o médico baderneiro agora ameaça meter em cana os grevistas agitadores,pobre Brasil.
    abraços
    Mario Gardano

  29. Wilson Barros Diz:

    Caro General Bonat,
    Quando dois dos Poderes da República se arvoram em arautos da Democracia, mas esquecem de que legislar ou decidir em causa própria são os piores atentados à cidadania, nos levam ao caos: “ou se …locupletemo-nos todos… Os exemplos mais critantes são os aumentos salarias dos Senadores e Deputados,bem como os Judiciário – justamente o Poder que constitui a esperança dos injustiçados…oprimidos… – este com ganhos superiores ao teto fixado em lei para o Poder Judiciário, verdadeiros despautérios. Em SP, segundo a imprensa, Desembargadores têm salários de 400mil até R$ 1,5 milhão. Curioso é que o Relator do processo instaurado pela CNJ é o próprio Presidente daquela Corte, que não teve a hombridade de se julgar impedido de participar do processo instaurado pelo CNJ. Escarnio,escarnio!!

  30. Virgílio Diz:

    Caro Sr. Bonat,

    Parabéns por escrever sobre o assunto.
    Como cidadão acredito que o Governo está sendo incensato ao usar o exército para controlar as forças estaduais. Basta um herói desavizado para iniciar uma guerra civil.
    Não é razoável dizer que os militares não podem fazer greve porque é inconstitucional e não regulamentar uma forma legal que lhes permita revindicar a remuneração. Isso é tratamento de escravo e acredito que nenhum deles fez esses votos.

    Como aposentado pelo INSS, com trinta e cinco anos de engenharia a nível de pós-graduado e doutorado, acho as aposentadorias da função pública exorbitantes para todos os Poderes e todos os níveis desde os desavergonhados Desembargadores que juram defender a lei e a sociedade e fazem o contrário, aos militares dos níveis mais altos e aos funcionários apadrinhados, que sugam os recursos da Previdência originando o tão alardeado buraco da Previdência.

    Como contribuinte jamais concordarei em pagar qualquer retribuição principesca, como as dos nossos políticos e representantes, eleitos ou nomeados (concursados ou não)que hoje sugam os nossos recursos, como parasitas sociais. Um salário de R$ 1,5 milhão é um roubo de todos os contribuintes, declarados ou não. È um assalto legal que não tem paralelo no mundo. Deste modo acredito que precisaremos pedir a renuncia do STJ, por improbidade.

    Quanto aos espertos que estão orientando essas manifestações, estão seguindo a par e passo a cartilha do partido no poder (e seus confrades politicos) que normalmente seguem essa via, mesmo quando estão administrando o poder.

    Precisamos corrigir essas anomalias, eliminando os parasitas sociais, para não perdermos a oportunidade de ascender ao nível dos países desenvolvidos. Com eles isso nunca será possível. Eles representam o nível máximo da currupção.

    A cólera das legiões pode tornar-se real.

  31. Afonso Pires Faria Diz:

    Brilhante como sempre general. Mas discordo de dizeres que o Brasil não combate a desigualdade. É que nós, pensamos pequeno, queremos combater a desigualdade interna. O nosso governo, pensa grande, pensa em combater as desigualdades do mundo. Assim o faz perdoando dívidas de países africanos e financiando obras de países necessitados. O fato de nenhum deles ser uma democracia, é um mero detalhe.
    Afonso Pires Faria

  32. Cel Salazar Diz:

    Caro amigo Bonat,
    Prabéns pelo artigo.
    Muito oportuno.
    Esses governantes do momento merecem a terceira hipótese. Quem sabe assim criarão vergonha na cara e aprenderão alguma coisa!
    Abs. Salazar.

  33. Amilcar B. Garcia Diz:

    Caro Bonat,

    Muito boa crônica.

    Abraço,

    Amilcar

  34. André Dambros Diz:

    Caro amigo.
    Alguém gritou aí que não existe ou desconhece ANGU BAIANO, mas desconheço êu Angu maior e mal misturado que este em Salvador. Mal misturado porque em matériade Angu, misturan-se ingredientes de boa qualidade para que no final, resulte em coisa que satisfaça a todos, e neste aí, foi misturado aos ingredientes bons, veneno de rato da pior espécie e ainda querem a anistia do cozinheiro. É por este tipo de Angu que gaucho defende separatismo.
    Um forte abraço.
    André

  35. diva malucelli Diz:

    Bonat…muito lúcida sua crônica…
    Fazia tempo que algo como o que aconteceu em Salvador , não me impressionava tanto… Se até os baianos,que costumam ser gente pacata, estão se insurgindo, imagine outros brasileiros na mesma situação…
    Bem, dizem que a violência em Curitiba, está superando a do Rio e São Paulo…Hoje em dia tudo é plausível, infelizmente…
    Abs.,parabéns.
    Diva

  36. diva malucelli Diz:

    Prezado Cel. Dent Monteiro? ou Monteireo…o sr. tem lá suas razões, quanto a este Partido…
    Como ex-petroleira, lhe informo que o sr. Gabrielli não será mais presidente da Petrobrás, por estes dias, e será substituído por uma funcionária de carreira da Petrobras, eng. química Graça Foster, infelizmente, petista…
    Quando ao general Bonat, de gaúcho , só tem o amor por aquele rincão…aonde morou e serviu por muito tempo, mas é paranaense, para nosso orgulho…
    Abs.

  37. ALFREDO CHEREM FILHO Diz:

    Caro General
    Como sempre, suas palavras emanam de sua capacdiade de ler os acontecimentos,com o brilhantismo de sua inteligência, belíssima interpretação.Obrigado pelo envio.
    Um Grande Abraço
    Alfredo 12.02.12

  38. Joaquim Rocha Diz:

    Prezado amigo Gen Bonat
    Como diz o Brugalli acima, tomara que o episódio da Baia de Todos os Santos não origine outros pelo País afora. Aqui no Rio Grande do Sul, com certeza não haverá, porque o PT já concedeu aumento para os Sd, Cb e Sgt da Brigada Militar.
    Como sempre, a sua crônica é oportuna, já que a greve estourou(coincidentemente) às vésperas do carnaval, que seria um caos, caso governo e grevistas não chegassem a um acordo. Os outros Estados que “ponham as barbas de molho”.

  39. bonat Diz:

    Caro General Bonat,li e reli sua crônica.A mesma estampa claramente sua percepção e visão de futuro.Preocupamo-nos com o todo.Verificou-se promessas de melhorias salariais,gerando expectativas.No passado não muito distante,movimentos revindicatorios foram apoiados politicamente e agora com o poder de decisão,deparam-se com a demagogia.
    O elefante descobre sua força e o resultado aí esta,os quais poderão eclodir Brasil a fora.E a culpa de quem é?
    Exemplos negativos como benesses concedidas,anões do orçamento,mensalões,efeito cascata,onde se encontram pessoas em escaloes menores e os amigos do rei,atraves de CCs e outras gratificaçoes.E os PMs continuam com seus parcos salários,num combate sem trégua a bandidagem e que pela fragilidade das leis são soltos e por vezes retornam as ruas antes mesmo dos PMs que os detiveram, por estarem efetuando o competente BO.
    Dado a lotação dos presídios,ocorrências de menor potencial,deliquentes sao liberados;voltam a delinquir e novamente são presos e assim os fatos se repetem cotidianamente.
    Os PPMM têm como legítimas suas revindicações,como de fato é.Expõem suas vidas no combate a criminalidade,mas deixam suas famílias desprotegidas e ao alcance dos delinquentes por residirem ao lado dos marginais,face suas condições salariais não permitirem local mais seguro,evitando ate mesmo que seus uniformes sejam colocados em varais.
    Houve quem citasse em seu blog, que coronéis e demais oficiais recebiam altos salários .Ledo engano,pois somente alguns privilegiados por competência ou por serem amigos do rei ou terem mais QI que outros,acumularam CCs e outras vantagens,incorporando-as em seus salários,legítimas,nada contra,mas não é parâmetro e não espelha a ralidade da maioria.
    Por fim General Bonat,tive o privilégio de Comandar a Àrea/5 de nossa Brigada Militar gaúcha(Policia Militar),quando Vossa Excelência exercia o honroso cargo de Cmt do 3 GAAAe do EB.Convivi consigo e privei com sua família,não por muito tempo é bem verdade,mas o tempo suficiente para conhecer um militar virtuoso e um cidadão exemplar,sendo reconhecido e respeitado no seio da comunidade caxiense e por seus pares.
    Assim sendo,não há por que REVER FUNDAMENTOS como foi sugerido, pois os seus valores estiveram e estão sempre presente nas suas atitudes.
    Um forte abraço de gaúcho
    João Carlos Marocco Dornelles-Cel Ref da Brigada Militar

  40. bonat Diz:

    Sem dúvida, é a pura verdade.
    Os atuais governantes estão provando do próprio veneno.
    No entanto, agora atuam com a severidade, até há pouco tempo repudiada pelos mesmos.
    Nada como um dia após o outro.
    Pena que a maioria do povo brasileiro não tem memória, ou pouco compromisso com os valores necessários para se opor a esses púrias e, assim, desenvolver a real democracia.
    Abs. Fran

  41. bonat Diz:

    Prezado General Bonat!
    A democracia, enquanto tolerada em “Terras de Santa Cruz”, dá e dará ensejo a esses excelentes contraditórios. O Cel Monteiro falou grandes verdades ao se referir à bandidagem do petê, inclusive seu chefe maior na Bahia, esse abjeto jacques wagner.Pareceu-me, pelo texto, um Brasileiro Patriota e decidido. O fato dele ter se revoltado com a sua clássica referência aos baianos ficou muito em segundo plano, diante do resultado prático instado pela sua crônica e o que se revelou através desse intemerato Coronel; que teve o peito de divulgar o nome dos celerados petistas, inclusive as ações desse famigerado gabrieli, pau mandado do zé dirceu. Acho que o Senhor deveria investir em crônicas que motivem o debate, ainda que desta feita tenha sido resultado de uma interpretação subjetiva do Cel, embora coisa de domínio público.Todo o mundo sabe que baiano gosta é de muito axé, samba, capoeira, lavagem de escadaria de igreja, macumba, pai de santo, mãezinha do cantuá, orixás, babalorixás, Dorival Caymi, gal, costa, gil, bethânia, sombra e água fresca, não é meu rei, kkkkkkkO Coronel Monteiro cabe perfeitamente nas exceções e foi muito bom sabê-lo existir e alinhar-se ao lado do bem.
    Ah, Santista , caiçara nato, que nasceu nas cercanias do jundu também é festeiro (kkkkkkkkkk), mas não enjoa enquanto embarcado, gosta de peixe, cheiro de maresia, de uma cervejinha geladinha, de uma batida de limão galego(que segundo o historiador J.Carlos Batan foi criada aqui em Terras de Bras Cubas), do SANTOS FUTEBOL CLUBE, de uma bela loira(como dizia o saudoso Cap Galileo Ramos kkkkk), de uma boa prosa, de um sambinha, dos amigos; é estremamente hospitaleiro(Terra da Caridade e da Liberdade) e também é amante do trabalho .
    Licença !
    Cb 244 Nestor
    Artilheiro de Costa

  42. Augusto Diz:

    Como tem dinheiro para custear 513 deputados federais a R$130.000,00, aproximadamente,cada um, 81 senadores, milhares de deputados estaduais e cerca de 53.500 vereadores, os altos salários no Congresso e no Judiciário, mandar dinheiro pra outras nações, pra fazer política de boa vizinhança, e não pode pagar um salário digno a policiais e a professores, profissionais sem os quais nenhuma democracia sobrevive? Vamos reduzir para 5 deputados federais e um senador por Estado,reduzindo, proporcionalemente os estaduais e os vereadores. A economia será de aproximadamente setenta milhões por mês. Isto aplicado na educação fará do Brasil um Nação de primeiro mundo em 15 anos.

  43. Edmar Diz:

    Tenho muito medo da Dilma no aspecto de reajuste para nós militares. Sente-se no ar que nada está sendo feito para que tenhamos alguma “merreca” a curto, médio e longo prazo.

Deixe um Comentário