AMAN, nous sommes contents de vous!

“Soldats, je suis content de vous!” Paulo Chagas, com a rapidez da sua cavalaria, arremessou-nos com voz firme, reverberada por todos os cantos do imponente auditório acadêmico, até a aula do Coronel Panizzutti. Professor de oratória, ele valia-se de Napoleão para nos revelar os segredos daquele notável soldado-orador no uso das palavras para conquistar mentes e corações.

A partir daí, ao percorrer as linhas da sua bela alocução, Chagas folheou o livro de um tempo vivido há mais de quatro décadas. Sua voz continuou firme, por vezes embargou, mas não o impediu de chegar a 18 de dezembro de 1971. Na mesma toada com que a emoção tentava lhe derrubar, gotas de lágrimas teimavam em umedecer os olhos de todos. Mas, valentes, também conseguimos chegar juntos ao objetivo: o 18 de dezembro daquele ano longínquo.

Antes de a reunião encerrar, convidados a entoar a canção da Academia, enchemos os pulmões. Queríamos, como nos anos setenta, fazer tremer aquelas paredes e os valores que elas representam e preservam. Dessa vez, porém, fracassamos. Embora tentássemos, já no segundo verso as lágrimas uniram-se e, traidoras, viraram cachoeira. O hino, que era para ser de milhões de vozes, reduziu-se a um murmúrio. Que nos desculpem as vetustas paredes. Dessa feita, seus bravos cadetes não conseguiram fazê-las vibrar. Derrotou-nos a emoção.

Fomos para Resende, vindos dos mais remotos brasis, como filhos em busca do aconchego materno. Irmanados, embora distantes, desejávamos matar saudade da velha mãe. Não só dela, mas dos nossos irmãos e da nossa juventude. Sentíamo-nos obrigados a prestar-lhe contas após tantos anos decorridos, pois a sabemos exigente, não apenas com os filhos, mas também consigo mesma.

Fomos surpreendidos pelo rejuvenescimento daquela Senhora de 200 anos. Diante dela, parece que só quem envelheceu fomos nós, embora sejamos ainda sessentões.

Reencontramo-nos não só para rememorar tempos idos, seus personagens, seus fatos, seus desafios. Valho-me novamente do amigo Paulo Chagas: “Reencontramo-nos num lugar onde fomos abrigados, acolhidos, protegidos, instruídos, desafiados e testados. Numa casa que não é apenas uma casa, tampouco uma simples Academia Militar, mas, por sua importância em nossas vidas, pela maneira especial com que forjou nosso caráter, nossos sentimentos e nossos corações, deve ser e é vista e sentida por nós como uma entidade materna, digna do nosso mais puro amor e da nossa eterna e sincera gratidão”.

É justo manifestar o nosso agradecimento e homenagem aos companheiros de turma e aos atuais integrantes da Academia Militar das Agulhas Negras, que se esmeraram para nos proporcionar momentos de inenarrável emoção. A eles e à sempre jovem bicentenária Academia, parodiando Bonaparte, queremos proclamar: “Nous sommes contents de vous!”

Por fim, já que o “content” de Napoleão tem o significado de orgulho, permitam-nos acrescentar, com o coração vibrante de jovens Aspirantes da Turma Marechal Castello Branco: “Nous sommes contents de nous mêmes!”

50 Respostas para “AMAN, nous sommes contents de vous!”

  1. PChagas Diz:

    Caro Hamilton
    Obrigado pelas referência e pelas citações ao que escrevi procurando juntar e interpretar o sentimento de nós todos. Acho que fui feliz! Felicidade complementada por suas sempre completas e elegantes observações…mais emoção…mais lágrimas…
    Fraterno abraço
    PChagas

  2. Ribeiro Diz:

    PChagas, HBonat, mui prezados amigos, “nous(TMCB)sommes contents de vous”. PC foi de uma felicidade incrível em suas palavras, conseguindo emocionar a todos presentes naquele auditório. Vc Bonat, conseguiu traduzir e apresentar o nosso reconhecimento as sábias palavras do nosso tão bem escolhido orador. Parabéns a todos da TMCB pelo sucesso do evento. Um grande abraço, Ribeiro.

  3. Cel Zendim Diz:

    Caro Gen Bonat:
    Parabéns pela beleza e riqueza de seu texto.
    Já estive lá nos 10 e 20 anos e, se Deus me permitir, gostaria de lá estar de 10 em 10 anos.
    Realmente é algo gratificante e amocionante.
    Um abraço
    Cel Zendim

  4. Emerson Barroso Diz:

    Caro Bonat.
    Lendo sua crônica me vi na AMAN já em 2012 participando de semelhante comemoração dos 40 anos de minha turma. Já antevejo o grau de emoção pelo qual estarei passando, mas será um momento ímpar rever companheiros de formação dessa escola mãe. Sem citar Napoleão, vou na frase que lia todas as vezes que formava rumo ao rancho: “CADETE, IDES COMANDAR – APRENDEI A OBEDECER”
    Um grande abraço

    Barroso

  5. Cosendey Diz:

    Amigo Bonat
    Após o discurso em grande estilo do nosso amigo Chagas, na AMAN, as suas palavras descrevendo as emoções sentidas no auditório e em todo o evento fizeram-me vislumbrar aaqueles inesquecíveis momentos, mesmo não estando presente.
    Grande abraço.
    Cosendey

  6. bonat Diz:

    Parabéns e um Feliz Natal e um 2012 pleno de alegrias. Abs Santos

  7. bonat Diz:

    Caro Bonat,
    Fiquei emocionado. No próximo ano, lá estaremos para os ” 40 ANOS, REUNIR”.
    Você escreve muito bem. Continue, prezado amigo.
    Um forte abraço. Um 2012 cheio de venturas.
    Omar

  8. Milton Diz:

    Querido AMIGO, que nosso grande DEUS sempre conserve-o com essas disposição,trazendo recordações que rejuvenencem os que tiveram a felicidade de ter vividos momentos que serão inesquecíveis.
    Abraços.
    Baixada Santista.

  9. bonat Diz:

    Boas festas para vc também, Hamilton…
    Que o Senhor te revigore, te dê ânimo e muita saude neste novo ano.
    Romeo

  10. bonat Diz:

    Estimado Amigo!
    Parabens pelos 40 anos, pela emoção e pelas belas palavras.
    Todos nós que passamos pela nossa AMAN entendemos perfeitamente a sua emoção.
    Espero daqui a dois anos lá estar para comemorar os 40 anos da minha turma e lembrar do seu belo artigo.
    Feliz Natal e excelente 2012.
    Fraternalmente.
    Figueiredo

  11. katia e Ricardo Diz:

    Sempre que voces se reunem em qualquer festa já ficam felizes,querendo notícias dos amigos.
    Passarem por aquele portão que os recebeu pra formação militar,encontrar os amigos,lembrarem de momentos vividos naquela época,tão jovens deve ser de uma emoção única,tão bem exposta pelas suas palavras que demonstra sua emoção.
    Escreva sempre,aguardo seu email todo mes.
    Nosso abraço carinhoso ao amigo.Votos de Um novo ano repleto de Paz,Saúde pra vc,Norma e toda família.
    katia e Ricardo.

  12. Zatti Diz:

    Meu caro BONAT,
    Não sou da caserna (cheguei a cabo de fuzileiros da cavalaria, no serviço militar), mas tua emocionante mensagem atinge qualquer um!
    Retribuo os desejos de BOAS FESTAS!
    Zatti – IHGPR

  13. Nina Maria Marach Carpentieri Diz:

    Lembro-me bem destes idos de 1971… Lá estava nosso querido Hamilton (orgulho de toda familia), adentrando os portões da AMAN.Todos emocionados com esta árdua vitória, que é para poucos escolhidos.Cici, sua mãe, nao continha sua alegria,e nós não nos cansavamos de contar a todos,a grande vitória!Só tivemos alegrias com sua belíssima carreira, primo e irmão! Chegar a Adido militar do Brasil nos EEUU, nos encheu de orgulho! Parabéns por esta trajetoria de 40 anos, tão bem vivida!
    Forte abraço a você e Norma.

  14. GONZAGA Diz:

    AMIGOS /IRMÃOS….
    GRATO !
    POSSIVELMENTE, UM DOS MAIS FELIZES DIAS DE MINHA VIDA….
    LAG

  15. bonat Diz:

    Bonat, perfeito o texto. E vou te contar um causo que eu tinha deletado da minha mente; ao procurar o que vestir na quinta dia 15 a noite, me lembrei da formatura mais triste da minha vida. Como morador da cidade de Niterói, participei de todos os ASPIRANTADOS, como moldura, só falhei na Turma de 69, pois estava desligado, recuperando o braço quebrado. Estava eu compondo a festa do Aspirantado da turma de 71, o rosto banhado em lágrimas, pois tinha ainda um ano para ter aquela festa. Este reencontro foi fantástico, voltei ao passado e me vi ASP OF no 2º RC, onde encontrei todos os Asp Of de 71, a saber , Wellington, Cazarim, Viana, Zacharias, Queiroz e o Sydnei de Intendência, alguns Sgts chegaram a me perguntar porque eu tinha chegado atrasado, então foi isso “eu cheguei atrasado”, mas cheguei. Abraços Aurélio Al 11 207 e CAD 969

  16. bonat Diz:

    Uma bela página de muita emoção. Tenho vivido sensações parecidas quando, a cada Seis de Maio, vou ao CMRJ. Na hora da Canção do Colégio só os alunos conseguem cantar, os ex-alunos choram sem a menor inibição.
    Receba meus votos de um Natal muito feliz e de um 2012 que nos faça esquecer, pelas razões certas, este infausto 2011.
    Gustavo

  17. bonat Diz:

    Gal Bonat!
    Bom Dia!
    ASSUNTO: Masami HORIKAWA (Roberto Massa) > Agradecimentos faz ao Gel BONAT pela atencao de sempre > Grato > Nova crônica: “AMAN, nous sommes contents de vous”
    Ao tempo em que agradece a sua gentileza, deseja a todos os seus familiares e demais entes queridos um NOVO ANO repleto de realizacoes e que o NATAL seja maravilhoso ai em CURITIBA-PR.
    Continuo ganhando espaco com a regulamentacao do Direito de Cidadania, embora Direito é Direito e nao deveria ser regulamentado. Ou seja, nao haveria nenhuma necessidade de Regulamentacao.
    A Resolucao ANAC 196, de 24 AGO 2011 > com vigencia em 24 OUT 2011 > também é uma das conquistas deste incansavel batalhador a busca de melhores dias para a populacao brasileira.
    Um forte abraço,
    Masami HORIKAWA (Roberto Massa)
    Consultor de Controle de Qualidade Total (CQT)
    Ouvidor (Ombudsman)
    20/12/2011 > 9:18 AM

  18. Mario Gardano Diz:

    Amigo Bonat,deve ter sido mesmo de arrepiar, invejo esse cooperativismo sadio e fraterno.Parabens.
    abraços
    Mario Gardano

  19. Roberto Diz:

    Poxa, Bonat! Como comentar? Sou só emoção… Um grande abraço do amigo e irmão Roberto.

  20. JB Figueiredo Diz:

    Estimado irmão,
    Sua crônica sintetiza o ocorrido naquele auditório! Eu já estava emocionado, mas ainda me continha, até que percebi o Gasolina fazer aquela pausa mais prolongada: foi o sinal para deixar correr as lágrimas. Receba meus cumprimentos pela bela crônica, com meu fraterno abraço e votos de Boas Festas!

  21. Medeiros Dias Diz:

    Prezado Bonat

    A todos os componentes da Turma do meu ilustre conterraneo -MCB- meus cumprimentos e a voce, prezado amigo, tudo de bom em 2012.Pela sua cronita,ví passar aquele filme que muito nos agrada:o meu tempo de Cadete.Quanta alegria nesses 61 anos de formatura.
    Sempre que isto acontece, folheio a Revista de minha Turma.
    Muito obrigado por permitir que as lembranças aconteçãm.

  22. Geraldo Osmar Eickhoff Diz:

    Et je suis content de vous, mon General,
    mes salutations,
    Geraldo Eickhoff.

  23. bonat Diz:

    Caro amigo Bonat. Emocionante a lembrança do marco histórico vivenciado com seus colegas acadêmicos. Parabéns e, abraços do Zartão.

  24. bonat Diz:

    Caro General Bonat
    Emocionante! Abraços do velho artilheiro, que serviu no Boqueirão, no período de 1966 a 1970, quando foi monitor da Corrida do Facho, do então Asp Of Paulo Cesar de Castro, Turma 4º Centenário do Rio de Janeiro-1965. Como falei, por ocasião da passagem de Comando do HGeC, fiz Veterinária, e dei baixa em 1976, em São Francisco do Sul. Meu filho, Rogério Santos Silva, é cirurgião vascular e sai Capitão, agora, dia 25. Abraços Ailton Santos da Silva-Médico Veterinário do Ministério da Agricultura em Curitiba-

  25. Afonso Pires Faria Diz:

    Como ignoro o assunto, resta-me elogiar a bela escrita. Um verdadeiro bálsamo.
    Parabéns general
    Afonso

  26. bonat Diz:

    Caro amigo Bonat,
    Parabéns pela crônica! Você se superou!
    Boas Festas,
    Zambão

  27. Cel Salazar Diz:

    Estimado amigo Bonat,
    Confesso-lhe que ao ler a sua crônica descrevendo com brilhantismo a emoção sentida pelos seus companheiros na comemoração, na AMAN,de 40 anos de formados,fui tomado por dupla emoção: primeiramente porque me veio à mente, já carcomida pela escassez de neurônios, os idos de 1970/71 em que convivi de perto com os artilheiros da turma, como Cmt/Bia e S3 do CArt/AMAN, e segundo por me ter batido um sentimento de orgulho por ter contribuido para a formação militar do brilhante escritor, autor da crônica, e dos seus companheiros de Turma.
    Parabéns e um forte abraço do amigo Salazar.

  28. Sergio Aita Diz:

    Amigo Bonat

    Parabéns!

    Você conseguiu em brilhante texto retratar o que vivemos e sentimos no sábado. Pensei que só eu não tinha conseguido cantar direito… Sua sensibilidade captou de forma precisa aquele momento.

    A alegria do reencontro foi revigorante, com grandeza na acolhida a todos que lá compareceram. O grande número de camaradas presentes mostra que estamos espalhados pelo Brasil, mas permanecemos juntos em pensamento.

    Feliz Natal e Grande 2012.

    Abraço,

    Aita

  29. durval santos Diz:

    Mon General Bonjour,

    Parabens , muito obrigado por todas as cronicas do ano. Boas festas para o Senhor e todos os seus. abraços durval santos.

  30. GONZAGA Diz:

    BONAT!
    ORADOR 2016…..
    TEM MEU VOTO.
    VAI TER QUE SEGURAR A EMOÇÃO..RSRSRSRSRSRSR
    LAG

  31. Tercio Diz:

    Bonat,
    Quando solicitei, em Resende, para ser elaborado um texto alusivo ao nosso encontro, o fiz antevendo o quanto teria de emoção e significado para os Asp Of de 1971 e familiares presentes. Mesmo sendo conhecedor da qualidade e excelência da tua prosa, me surpreendi, pois, desta vez, o cronista, se superou. Parabéns.
    Feliz a turma que possui um orador do quilate do Chagas e um cronista da tua lavra. Vejo que as aulas de Oratória da AMAN criou, no ceio da TMCB, verdadeiros mestres na arte da produção literária.
    Um grande abraço, com os votos de um Feliz Natal e Ano Novo.
    Tercio

  32. bonat Diz:

    … E, aliás, nada mais justo que o “senhor se orgulhe de si mesmo”. Não tenho dúvida de que, em sua vida, pessoal e profissional, Gen Bonat, há muito do que se orgulhar.
    Parabéns por mais um belo artigo.
    Aproveito para desejar ao senhor, D. Norma e toda a família um Santo e Feliz Natal. Possa o Ano Novo trazer a todos muitas alegrias e realizações.
    Grande e afetuoso abraço,
    Edilia

  33. Cel Mello Diz:

    Prezado Chefe e Guru,
    Tive a grata surpresa de me encaixar perfeitamente nas suas palavras. A turma de 86 esteve presente no Auditório. Não pude comparecer, mas lí os e-mails dos companheiros descrevendo o evento, narrativas estas que foram enriquecidas com o seu magnífico texto.
    Obrigado por mais esta meditação especial.
    Aproveito para desejar boas festas de final de ano para o Sr. e a sua família.
    Grande abraço,
    Cel Mello – LAPA!

  34. diva malucelli Diz:

    Prezado Hamilton, esta sua crônica me arrepiou, pois imagino o que você sentiu enquanto a estava escrevendo. Lindo… de quem sabe o que quer fazer, e o faz…Poética…de quem tem o dom de ser o que é….Felicidades, um bom 2012, e um Feliz Natal, antes….
    Abraço forte.

  35. Albérico Diz:

    Amigo Bonat.

    Você traduziu com precisão os nossos sentimentos naquela manhã ao ouvirmos as palavras recheadas de emoção do nosso ilustre orador, acertadamente escolhido pelo nosso Grupo.

    Abçs

  36. Britão Diz:

    Grande Hamilton “Senna do Brasil”
    Como sempre, supimpa!!! Fez-me sentir sensações que, devido ao estado letárgico em que me encontrava, não reagi no momento, embora sintonizado na egrégora ali existente. Feliz Natal e um 2012 ainda melhor.

  37. bonat Diz:

    CARO GENERAL BONAT
    ANTES QUERO AGRADECER TODAS AS CRÔNICAS A MIM ENVIADAS.
    ESTIVE RECENTEMENTE NA AMAN EM VISITA ACOMPANHANDO O JORGE BOSON, NÃO SEI SE O AMIGO RECORDA-SE DELE NO CMC.
    BOSON É FILHO DO FALECIDO CEL CAV DALMO BOSON, GRANDE AMIGO MEU.
    PERMITA-NE CUMPRIMENTÁ-LO POR MAIS ESSE TRABALHO SEU. Cesar Salomão

  38. bonat Diz:

    Parabéns, amigo! Já havia lido o discurso do Paulo Chagas e agora o seu texto! Choram os sessentões de todas as épocas! Abraços do Balbi

  39. bonat Diz:

    Prezados Gen Bonat e família:
    Excelente retrato dessa reunião que o Cel Vaz, que lá esteve, comentou orgulhoso conosco em seu retorno ao Rio de Janeiro.
    Que o espírito do Natal reine em 2012 com muita paz, saúde e alegrias.
    Com a proteção e as bençãos de Deus a toda a família.
    Fraterno abraço dos amigos,
    Megid e Rosane

  40. LUIZ CARLOS SOLUCHINSKY Diz:

    TEM MAIS É QUE SE ORGULHAR DE SI, ASSIM COMO EU ME ORGULHO DE TER UM AMIGO TÃO BRILHANTE. PARABÉNS PELOS 40 ANOS DE ASPIRANTADO. FELIZ NATAL, SAÚDE E PAZ EM TODO 2012. ABRAÇO DO LUIZ CARLOS SOLUCHINSKY (SOLU)

  41. Paulo |Carvalho Diz:

    Bonat,

    é uma imensa satisfação receber o seu contato. As palavras do Paulo Chagas no 40 anos da turma foram excelentes, mas as suas foram magníficas(ksksksksksksksk).
    Ano que vem estarei na AMAN comemorando as mesmas alegrias, reencontros, saudosimos lembranças e tudo o mais que aquela Escola nos deu e nos ensinou, engraçado, sem pedir nada em troca. Ah que belos tempos! Mas vamos em frente que atras vem gente.
    Abs
    Paulo Carvalho

  42. bonat Diz:

    Caro Bonat,
    Primeiramente, li seu último texto no blog, festejando o aniversário da AMAN e, sinceramente, senti inveja do seu escrito, da sua lucidez, clareza e devoção à farda que honrosa e orgulhosamente ostentou na ativa e que hoje continua, garboso, fazendo-o sempre que a ocasião o requer. Invejo (no bom sentido, é claro) o companheirismo e respeito demonstrados nos inúmeros comentários expressos sobre seu artigo e, lhe confesso, que me inibiram em fazer qualquer comentário, sob pena de ter que vestir a incômoda e desonrosa capa de intruso, maculando o ambiente tão emotivamente desenhado, tanto no artigo como nos comentários.
    Mas, creia-me, sei bem o que sente e comungo desse sentimento puro e deliciosamente saudosista; já o experimentei em outras épocas, alhures. E permita-me dizer-lhe que, com toda a sinceridade que merece, suas bem traçadas linhas desenham cristalinamente o perfil de um romântico poeta, fiel ao seu ofício. Brilhante no traço gramatical e na agudeza delicada, mas certeira, da pena. Seu texto me passa a rara sensação de que já o conheço de há mais tempo e isto me regozija, embora também me traga saudosas lembranças de momentos tão longínquos – às vezes, amargos e tristes – que teimam em me acompanhar e que assim seguirão até o derradeiro momento em que, por vontade divina, deixarei este mundo terreno.
    Obrigado por me permitir conhecê-lo (mesmo que virtualmente) e por compartilhar comigo esse seu sentimento de orgulho e de fervorosa devoção pelo dever cumprido.
    Desejo-lhe, junto aos seus entes amados, um Natal em absoluta paz, propício à reflexão e à renovação dos sentimentos cristãos de louvor ao nosso Ser Superior! E que 2012 lhes proveja mais felicidade e dita, no seio amoroso do vosso lar!
    Sincera e fraternalmente,
    Juan, Arlete e nossos três amados “filhos peludos” – Kiko, Nina e Suzy!
    Juan Koffler

  43. Gabriel Diz:

    Bonat,
    Por razões pessoais não compareci à reunião da nossa turma.
    Entretanto, li com muita atenção o discurso do Chagas, vi várias fotos que marcaram o evento, pude rever grandes amigos, li os comentários dos diversos participantes e conversei com o Jeová para justificar minha falta e parabenizá-lo pelo seu excelente trabalho à frente da Comissão organizadora.
    Suas palavras além de descrever muito bem a emoção sentida por todos durante a reunião, acrescentaram detalhes para nossa reflexão.
    Parabéns por mais esta excelente crônica.
    Abs.
    Gabriel (029)

  44. Betty Diz:

    Deve ter sido algo memorável para vocês.
    Aproveito para desejar um ótimo Natale um Ano Novo de Luz para todos nós.
    Abraços

  45. bonat Diz:

    Meu caro amigo Bonat
    Gostei muito do seu novo artigo. A festa dos 40 anos da sua Turma deve ter sido emocionante, certamente, e você sabe expressar isso muito bem, com sentimento e palavras adequadas.
    Posso avaliar o clima de vibração, lembranças, confraternização, porque, no final de 2009, fui à nossa eterna AMAN participar da festa de 50 anos da minha Turma.
    Reitero os meus votos de FELIZ NATAL e de ANO NOVO pleno de saúde, alegrias e sucessos para você e a prezada Família.
    Abraços fraternos do seu velho camarada e amigo Ariel, filhas e netos.
    Obs: a Valéria está aqui, passando o Natal e ANO NOVO conosco.

  46. Joaquim Rocha Diz:

    Estimado Amigo Bonat

    Parabéns pela sua crônica. Como Oficial da Brigada Militar, tua matéria me remeteu ao velho Centro de Instrução Militar(CIM), hoje Academia de Polícia Militar(APM), local fundamental para minha formação como adulto, como oficial, como futuro comandante. O que sou e o que tenho, devo a
    Brigada.
    Tuas crônicas são sempre oportunas e benvindas.

  47. bonat Diz:

    BONAT
    Você conseguiu interpretar com poucas palavras todo o nosso sentimento e fixar ainda mais as palavras marcantes do PAULO CHAGAS. Abraços e felicidades.
    Wilson (Macaé)

  48. Jane Bulsing Santos Diz:

    Caro Bonat…
    Fiquei muito emocionada com a bela crônica, até porque sou eternamente grata a AMAN, pois foi de lá que veio para Cachoeira do Sul-RS, meu querido e inesquecível Altamiro. E ele sempre dizia, que se fosse possível uma segunda chance de vida, seria milico novamente, pois seria impossível viver sem passar pela AMAN.
    grande abraço .
    FELIZ NATAL E VENTUROSO ANO 2012 a toda família.

  49. bonat Diz:

    Prezado amigo Gen Bonat
    Minhas cordiais saudações de final de ano e “Boas Festas” e um “Feliz Ano Novo”.
    Rogo ao SENHOR DEUS que o conserve, por muitos anos, ao lado de seus familiares e amigos.
    Precisamos, em todos os tempos, que companheiros, fardados ou não, que estejam em e com condições, falem e lutem por nós : Militares de carreira sempre guardando aquele ardor e amor à Pátria, às “coisas” da caserna e vivendo, eternamente, na esperança de que teremos no futuro: menos corrupção na política, mais justiça social para todas as classes, mais progresso para o País e mais reconhecimento para os militares. Graças a DEUS o Gen Bonat é uma dessas pessoas. Todos nós que o acompanhamos, esperamos que continue nessa luta, com esse jeito ímpar e brilhante de ser, escrever, e representar; não só o pensamento militar mas o que a maioria de nossos irmãos brasileiros pensam e querem, no seu silencio, para si e para o Brasil. Parabéns!
    Abraços e mais uma vez, um excelente 2012 , extensivos, também, para seus dignos familiares.
    Cel Victor José Freire / Turma de Cavalarianos da AMAN/ 1962

  50. Dirceu Rigoni Diz:

    Estimado Amigo Hamilton,

    Ao saudar o distinto cronista, em nome dos que integram a Academia Militar das Agulhas Negras, apresento um trecho de vossa canção que cristaliza o ideário desta Escola de Lideres e o permanente estado de espírito dos que labutam:

    “Irmãos brasileiros,
    Formai entre nós,
    Brasileiros
    Sois todos vós.
    Amor ao Brasil,
    Amor à Bandeira,
    Seja o lema
    Da mocidade brasileira.”

    “Gen Bda Júlio Cesar de Arruda – Comandante da AMAN”

    Um forte abraço,

    Zé Dirceu.

Deixe um Comentário