Nunca minta para um leão

Leão é um animal que impõe respeito, não só aos humanos, mas a quase todos os mamíferos. O homo brasiliensis sente verdadeiro pavor do rei dos animais, pois sabe o quanto ele é voraz quando se trata de abocanhar quase quarenta por cento de tudo o que se produz trabalhando duro. O que o “rei” faz com essa dinheirama toda? Entrega ao governo para que este a devolva em forma de saúde, segurança, transporte, energia, educação e outros serviços essenciais.

Na prática, a teoria tem sido um pouco diferente. Mas o leão, que não tem nada com isso, continua cumprindo o seu papel de caçador voraz e, reconheçamos, de irritante competência. A manada mostra-se a cada ano mais preparada.

Leões não gostam de mentiras e de mentirosos. Experimente, leitor-contribuinte, tentar enganar a um só deles. Unidos como são, todos voltarão contra você as suas garras e dentes afiados.

Confesso que a senhora Lina Vieira me era totalmente desconhecida. A primeira vez que a vi foi pela tevê, no dia 18 último, quando depunha na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Vendo-a jogada naquela arena, pensei que seria logo engolida pelos “leões” da base governista, que rugiam impropérios intimidativos. Mas qual! Experiente, ela sabia que os gritos que ouvia impassível eram um blefe, a principal arma dos mentirosos. Altiva, mostrou quem ali era a verdadeira leoa. Uma leoa ferida, defendendo seu rebanho acusado logo de quê: de mentir!

Por que a jogaram naquela arena de falsos leões? Porque, cumprindo estritamente a sua função de Secretária da Receita, ela revelara que a Petrobras havia sonegado o fisco. Como a Petrobras é uma pessoa jurídica, quem na verdade sonegou foram seus diretores, lá acomodados pelo governo. A maioria é de ex-sindicalistas. Como tal, sempre se julgaram no direito de fazer o que bem entendessem com a coisa alheia. Quando praticam alguma ilegalidade, rugem qual leões para amedrontar a quem apenas deseja ver a lei cumprida. Agora, ao que parece, deram de frente com um leão de verdade.

O grande temor dos falsos leões é a CPI da Petrobras, instaurada a fim de esclarecer possíveis superfaturamentos e apurar outras irregularidades. Para defendê-los, os atuais comandantes da nossa maior empresa necessitam do partido do presidente do Senado. Se, como acreditam, a regra do “toma lá, dá cá” continua em vigor, fazem de tudo para salvar um futuro aliado de peso.

Dezenas de outros leões da manada da senhora Lina, com os brios feridos, tiveram a dignidade de abrir mão das vantagens dos cargos que ocupavam. Pediram exoneração. Teme-se que, da mesma forma que ocuparam todos os espaços de mando na Petrobrás, sindicalistas despreparados sejam nomeados para os postos abertos na Receita. Caso isso aconteça, embora continue faminto, o leão ficará tecnicamente enfraquecido. Maus contribuintes, famosos ou não, soltarão rojões de alegria.

4 Respostas para “Nunca minta para um leão”

  1. Luiz Cláudio Mehl Diz:

    Prezado Hamilton
    Algumas razões que se esperava das autoridades ;

    A primeira : Ter ao tempo, declarado as razões da nomeação da secretária.
    A segunda: Ter colocado as razões da demissão da secretária Lina.
    A terceira : Ter apresentado a agenda oficial da secretária Dilma.
    A quarta : Ter apresentado os videos e registros da segurança do Palácio do Planalto.

    O nada a declarar fez a leoa rugir, ainda bem!

  2. Carlos Gama Diz:

    É lamentável que estejamos nestas condições e, o pior é o trabalho que vem sendo feito (desde o desgoverno anterior), para acabar com o senso de cidadania, que ainda era um dos sustentáculos da nação. Hoje, infelizmente, a mentira, o surrupiar dos cofres públicos, o desrespeito com os Símbolos Nacionais (veja-se o ocorrido numa cerimônia pública, com o Hino Nacional), o tergiversar e outras tantas mazelas, estão se tornando tão comuns, que a maioria nem se indigna. Há até, creia, quem (ainda que tenha instrução “superior”) critique qualquer moção de respeito aos Símbolos da Pátria. Falta pouco, muito pouco, para que felizmente cheguemos ao fundo do poço. Ainda que a permanência possa ser longa, a subida é consqüência natural.

  3. Rigotti Diz:

    Realmente, o que podemos notar é que hoje, com um governo interessadissimo em levar vantagem eleitoral, de uma maneira ou de outra se obriga a deixar os grandes administradores, também, darem sua mordidinha. No caso a Petrobras como uma da maiores espressões financeira do Pais. Com o aval do governo,os famintos leões não necessitam de muito esforço para engordarem seus cofres. abraços rigotti.

  4. Rui Diz:

    Bem, ouvi dizer que a verdadeira causa da demissao de Lina, é que alguns empresarios (fortes) empreiteiras e instituições bancarias principalmente, andaram reclamando ao governo, leia -se o PT e base aliada (o maior beneficiario das verbas milhonarias, de camapanha) que o Leao do Fisco, estava indo com muita sede ao pote (para bom entendedor, meia palavra basta) e ai a gente ja sabe como elles agem, quem quer ficar 20/30 anos no poder, é da pior forma possivel, da forma mais canalha que existe e aí está a prova.

Deixe um Comentário